Carioca comenta a noite no estilo Royce

Share it

Carioca no GP do Bitetti Combat. Foto: Carlos Ozório.

Bruno Carioca provou mais uma vez que é um dos grandes em ação no MMA brasileiro. Vencer três lutas numa mesma noite é para poucos, feito já conseguido por feras como Royce Gracie, nos velhos tempos do UFC. Tudo bem, o estilo de luta é bem diferente do finalizador Royce. Mas Carioca provou no GP do Bitetti Combat 9 que está com as quedas em dia, não dá mole no jogo de chão e nem mesmo na trocação. Mais que isso, mostrou um gás fora do normal, tendo lutado ao todo 35 minutos.

“Desde o princípio, o objetivo era esse: superar um desafio novo, porque nunca havia feito nada como isso. Foi uma pressão muito grande e acho que aprendi muito aqui. É um alívio, porque a adrenalina vai lá em cima. Foi muita responsabilidade, havia muita gente aqui, mas agora estou aliviado!”, comentou o lutador ao GRACIEMAG.com ainda no octagon, com um checão de 30 mil reais e cinturão afivelado.

“Todos os adversários foram bem duros, mas acho que na final a gente está mais machucado. Levei algumas pancadas na perna. Eu venho de uma lesão na perna e ainda levei umas pancadas, isso estava me incomodando um pouco. Enfim, acho que a última luta deve ser sempre a pior”, completou.

Invicto no MMA, com 11 apresentações, o feito no BC é uma credencial para os eventos internacionais. Bruno segue com expectativa.

“Até agora não apareceu nada. Mas esse GP foi uma grande oportunidade e acho que a hora é agora. Estou num momento muito bom, consegui fazer um cartel de 11 vitórias e quero mais desafios. O objetivo é ir lá para fora, mas, se não acontecer, quero lutar. Com a torcida comigo, o Carioca vai lutar!”, encerra a fera da Zé Mario Team.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *