UFC 131: Cigano vence Carwin e agora enfrenta Velasquez

Share it

Cigano em momento chave da luta principal do UFC 131. Foto: Josh Hedges.

O UFC 131 trouxe lutas movimentadas em Vancouver, no Canadá, na noite deste sábado. No principal desafio, Junior Cigano chegou à sétima vitória seguida, a sexta no UFC, e agora vai ter a chance pelo título de pesados. Confira todos os resultados e análises das lutas principais:

Junior Cigano x Shane Carwin

Nos primeiros instantes, Carwin dava a entender que não queria se arriscar contra o boxe do oponente, tentando aplicar quedas. Na primeira parcial, Cigano acertou bem com socos quando quase definiu. Shane apanhou bastante de quatro apoios e foi para o intervalo como o rosto avariado. Após segundo round morno, Cigano voltou a dominar na terceira parcial, tendo conseguido até quedar. Foi a primeira vez que Carwin lutou três rounds, mas a vitória foi por unanimidade para Junior, que agora vai ter finalmente a chance contra Cain Velásquez pelo cinturão de pesados.


Kenny Florian x Diego Nunes

Diego Nunes foi bem no assalto inicial e conseguiu um knockdown com socos nos últimos segundos. Na segunda parcial, Florian encaixou o seu jogo e aplicou boas quedas para levar vantagem. Na terceira parcial, com um sangramento na cabeça, Nunes parecia mais cansado. Kenny insistiu nas quedas e, mesmo com o brasileiro sem desistir até o fim, Kenny levou a melhor por decisão unânime. Foi a estreia de Florian no peso pena.

Demian Maia x Mark Munoz

Demian Maia começou melhor. Na primeira parcial, conectou bons golpes na trocação. Na segunda parcial, o faixa-preta pareceu se desgastar, principalmente nas tentativas de queda. Monoz passou a controlar a luta,com quedas e socos. Demian tentou alguns ataques no chão, mas não foi suficiente. Vitória de Munoz por decisão unânime.


Jon Olav Einemo x Dave Herman

Olav veio bem no primeiro round, com boas quedas e bons socos. Na segunda parcial parecia que a vitória de Olav estava garantida, mas Herman aplicou uma boa joelhada e deu início a uma sequência de golpes que o levou a vitória por nocaute técnico.

Donald Cerrone x Vagner Rocha

Vagner começou bem, tendo aplicado uma boa queda. No entanto, logo depois disso Cerrone passou a controlar a luta com muitos chutes nas pernas. Aluno de Pablo Popovitch, faixa-preta, Rocha não conseguiu impor o seu Jiu-Jitsu nos três rounds. Sem sofrer perigo, na base dos chutes, Cerrone teve merecida a vitória por decisão unânime.

Confira todos os resultados:

UFC 131
Vancouver, British Columbia, Canadá
Dia 11 de junho de 2011

Junior Cigano venceu Shane Carwin por decisão unânime
Kenny Florian venceu Diego Nunes por decisão unânime
Mark Munoz venceu Demian Maia por decisão unânime
Dave Herman venceu Jon Olav Einemo por TKO aos 3min19s do R2
Donald Cerrone venceu Vagner Rocha por decisão unânime
Sam Stout venceu Yves Edwards por KO aos 3min52s do R1
Chris Weidman finalizou Jesse Bongfeldt com uma guilhotina aos 4min54s do R1
Krzysztof Soszynski venceu Mike Massenzio por decisão unânime
Nick Ring finalizou James Head com um mata-leão aos 3min33s do R3
Dustin Poirier venceu Jason Young por decisão unânime
Joey Beltran venceu Aaron Rosa por TKO a 1min26s do R3
Darren Elkins venceu Michihiro Omigawa por decisão unânime

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Yury Andrade at 12:14 pm

    O grande problema dos caras do jiu jitsu é q eles começam a treinar muay thai e boxe e se acham os melhores trocadores do mundo…Cuidado Demiam maia vc esta no mesmo rumo do minotauro…Vcs tem uma grande arma no chão e se arriscam em pé…So pedem pra perder…Lamentavel

  2. Stenio Lawrence at 4:52 pm

    O Cigano continua mostrando o seu talento como um verdadeiro campeão. Que venha o Cain, pois será uma batalha e tanto, que sentirá também o peso dos punhos do brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *