Royler fala sobre a luta com Eddie Bravo; Guy Neivens responde

Share it

Royler Gracie divulgou, esta semana, uma carta aberta sobre os boatos que vêm circulando sobre sua revanche com Eddie Bravo, seu algoz no ADCC 2003. Royler tece críticas a Guy Neivens, vice-presidente do ADCC. A pedido do GRACIEMAG, Neivens deu sua versão, logo abaixo. Primeiro, Royler:

“Para todos os meus admiradores

“Aqui vai a verdade sobre minha participação em potencial numa superluta do ADCC 2011: recebi um telefonema do Renzo, meu primo, que contou que o ADCC estava interessado na minha participação no torneio de setembro. Eu prontamente disse que seria um prazer para mim competir mais uma vez no ADCC. Renzo disse que o vice-presidente do ADCC, Guy Neivens, iria então entrar em contato para negociar os termos do nosso contrato, incluindo aí a bolsa para a superluta. No dia seguinte, o site do ADCC noticiou a luta e a mídia especializada entrou em contato comigo. Declarei que seria um prazer treinar duro novamente para uma luta agarrada, e que estava confiante que iríamos chegar a um acordo para a luta acontecer. Nenhum detalhe tinha sido especificado até esse ponto, nem eu havia conversado com ninguém do ADCC sobre a luta.

“Vários dias depois, Guy Neivens me telefonou para negociar os termos do contrato para a luta. Pela minha experiência, essas negociações são sempre sigilosas, feitas de modo confidencial. Para minha surpresa, logo no dia seguinte li que Mr. Neivens havia divulgado alguns detalhes da nossa conversa para o público em geral. Quem sabe Mr. Neivens não estava tentando me forçar a assinar um contrato injusto? Independentemente da motivação, é deplorável que alguém que trabalhe para o Xeque Tahnoon haja, na minha opinião, de forma antiética, antiprofissional e desrespeitosa com um lutador. O Xeque é um homem distinto que tem sido crucial no crescimento da luta de solo agarrada no planeta. Os gestos de Mr. Neivens, para mim, demonstram uma falta de habilidade no seu trabalho de vice-presidente do ADCC, e não o honram como representante do Xeque.

“Todo mundo sabe que eu sou lutador. Nunca fugi de um desafio. Desde que tenho 6 anos, fiz centenas de luta, todas de graça, pelo amor ao esporte. Lutei em torneios de Jiu-Jitsu, judô, submission wrestling, MMA e até em lutas sem regras. Encarei adversários com o dobro do meu tamanho, por vezes. Covardia não existe no meu vocabulário, nem no da minha família. Em quase 40 anos de carreira, atingi o apogeu no meu esporte, com sete títulos mundiais (quatro no Jiu-Jitsu e três em Abu Dhabi). Ao lutar num evento profissional, após anos de dedicação, penso que é apenas justo e adequado para mim pedir uma bolsa razoável que reflita o sucesso de minha carreira nos ringues e tapetes, e minha conduta como atleta profissional. Quem me conhece sabe que vou aparecer para um evento muito bem preparado. Isso significa não dar aulas e recusar seminários por dois meses, o que reflete num custo alto para mim e minha família. Tudo que pedi foi que o ADCC cobrisse essas despesas. Estou ainda plenamente confiante que os organizadores de Abu Dhabi vão me tratar com o mesmo respeito que sempre mereci, e vão fazer essa luta acontecer, em nome de nossos leais fãs.

Royler Gracie”

A resposta de Guy Neivens:
“Em resposta a carta de Royler Gracie. Royler é um grande campeão do ADCC, com três títulos invictos nas costas, e uma verdadeira lenda do esporte.
“O objetivo do ADCC, desde 1998, tem sido promover a luta agarrada pelo planeta, tendo hoje Federações em 50 países. Há alguns meses, o comitê do ADCC idealizou lutas entre veteranos para gerar mais interesse para o esporte. Renzo Gracie contra Mario Sperry está confirmada, e a ideia de uma revanche entre Royler Gracie e Eddie Bravo parecia um tira-teima atrativo.
“Com seus patrocinadores, o ADCC garantiu um prêmio de 25 mil dólares para a luta. No entanto, Royler quis 50 mil apenas para competir, e mais 25 mil se ele ganhar. Daria 75 mil dólares apenas para uma luta entre dois veteranos! O ADCC tentou buscar mais patrocínio, mas até agora sem sucesso. Além do que, decidiu-se que não podemos oferecer mais a atletas veteranos do que para a atual superluta principal, entre Ronaldo Jacaré (supercampeão) e Braulio Carcará (campeão do absoluto).
“Devemos realçar que o ADCC é uma organização não-lucrativa cujo objetivo é tornar a luta agarrada um esporte global. Mesmo assim, adoraríamos que essa luta entre Royler e Bravo ocorresse. Como Royler e centenas de outros lutadores que competiram com a gente sabem, jamais houve um contrato entre o ADCC e algum lutador. É um torneio para atletas classificados ou convidados
“O ADCC continuará a promover o esporte submission com o objetivo de angariar o respeito e o apoio que a modalidade certamente merece.
Guy Neivens – ADCC.”

Ler matéria completa Read more
There are 21 comments for this article
  1. Gle at 1:06 am

    Sem necessidade essa luta do Royler com o Ed Bravo, nunca vi o Vencedor desafiar o atleta que perde!!!
    Seria mais interessante ver o Ed Bravo contra o Leo Vieira já que o foi o Leo quem atropelou o Ed Bravo e têm mais se eu fosse o royler lutava até de graça para calar a boca do Ed Bravo ao inves de cobrar U$ 75000.

  2. Juliana at 1:09 am

    Guy, chama o Leo Vieira que ele luta têm até uma materia dele na concorrente falando que ele quer lutar com o Falastrão do Bravo.

    • Diego Rosa at 12:39 pm

      Ele não precisa lutar mais. Já fez o suficiente pelo esporte. Temos que aprender a ser mais gratos por atletas deste gabarito.

      • Howe at 8:54 pm

        Concordo que já fez, mas então aposente de vez, em vez de ficar fazendo papelão, se escondendo atrás de bolsa e falando mal de ex-parceiros pra não cair em humilhação.

    • IGOR at 4:00 pm

      OSMAR LEOZINHO E SO O CARA QUE ARREPIO O MESMO QUE O ROYLER DEU TRES TAPINHAS “BATEU”SE O ROYLER E TAO BOM PQ ELE NAO LUTA COM O LEOZINHO JA QUE ELE ACHA QUE O EDBRAVO E RUI E INFERIOR PARA ELE ESTAMOS TODOS MUITO AFIM DE VER ESSA LUTA JIUJITSU X JIUJITSU

  3. Rogeriao at 12:30 pm

    O Royler na real deve esta com medo de lutar com o Edbravo concordo com a Gle se ele quizesse lutar nao colocaria varias barreiras na frente, namoral o negocio e vieira contra edbravo

  4. Ruy Menezes at 2:36 pm

    Na verdade o Eddy Bravo nunca ganhou nada, depois da luta com o Royler ele nunca mais lutou e vive dessa vitoria. Ja o Royler dispensa comentarios, um dos maiores competidores que vi na vida.
    Acho que o Royler esta certo, tira da bolsa do Eddy e da pro Royler a diferença.
    Se o ADCC quer tanto essa luta que pague a bolsa do Royler, dizer que nâo pode pagar mais do que irá pagar pela super luta, isso é absurdo.

    Jacaré e Braulio sâo exelentes e dispensa comentarios, mas o Royler pelo que ja fez pelo esporte tem que ser valorizado.
    Olha que treinei no Carlson e naô tenho porque defende-lo.
    Somente o que é certo.
    Grande abraço…

  5. Jon Anderson at 4:34 pm

    Acho que Royler deveria lutar com as mesmas regras e bolsas de todos outros lutadores, sei que é um lutador incontestável e estou confiante na vitória dele !

  6. Rafael at 3:04 pm

    Galera, vamos parar de palhaçadinha e de choro preso.. o Royler perdeu, bateu, quase apagou pro Eddie Bravo. O cara é uma das lendas do BJJ, fez história, e perdeu na técnica, entao parem de desvalorizar e de diminuir o feito do Bravo…
    Eu einh, ‘o cara só fez isso’, é, realemnte, fazer o Royler dar os 3 tapinhas é um feito comum, cotidiano…váááááários já fizeram.
    ‘O leo vieira atropelou ele’.. e dai ? a luta é Royler x Eddie e no encontro desses dois o royler BATEU.
    Mania que uma galera tem de pelar o saco de uns e tentar diminuir o feito de outros.Reconheçam q o bravo é MUITO sinistro, nao é qualquer um que faz o royler bater.
    No mais, 25 mil limpos (já que estadia, passagem etc, etc é por conta deles, pelo que entendi) pra fazer UMA luta, em UM dia, com uma pessoa que te ganhou lindamente é mais que justo, na minha opinião.

    Royler, ninguém está te pedindo pra fazer caridade, alias, longe disso. Pare com esse mimimi e esse coitadismo de ‘minha família isso’, ‘minha mulher aquilo’. Reconhecimento e dinheiro n faltam pra voce.
    Fale menos e lute mais.

    • Vitorino at 9:47 pm

      Um comentário tosco desse acho que não merece nem resposta…
      O Royler é lenda no Jiu e no MMA pelo que já fez, lutou, ensinou. Formou grandes nomes como, só pra exemplificar: Saulo e Xande. E o Eddie Bravo? Ganhou uma única luta na vida. Depois se escondeu. O Mestre Royler não precisa inventar desculpas. Nunca se furtou a lutas, desafios. Já lutou até pelo Absoluto no Mundi. Bixo vá se informar antes de emitir esses comentários lamentáveis.
      Vc tá brincando não? rs kkkkk

  7. Vitorino at 11:43 pm

    Vai se f… Guy Neivens. Pau no c… desse fela.
    O xeique é cheio da grana e o pau no c… desse Vice-Presidente fica de fuleragem com a luta que todo mundo quer ver. E qual o problema em se pagar mais pro Royler do que, com todo o respeito, pro Jaca ou pro Carcará? Se ele é lenda tá mais que justificado então uma bolsa maior, ainda que não seja a luta principal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *