Sem pressa para a preta, Langhinho comemora título com quatro finalizações

Share it

Michel Langhi (direita) comemora com feras como Bruno Malfacine e o irmão Michael. Foto: Ivan Trindade

GRACIEMAG.com não teve medo de apostar em Michel Langhi como um dos candidatos a destaque na temporada 2011. E o faixa-marrom está correspondendo. Aos poucos, Langhinho sai da sombra do irmão mais velho, Michael, e se consolida no Jiu-Jitsu competitivo. No Mundial desta temporada, o representante da Alliance finalizou todas as lutas no peso pena.

“Fiz quatro lutas e fechei na final com o Macarrão (Jonathan Thomas). Já fechamos no Pan deste ano e no Pan e Mundial de 2009. Finalizei as quatro lutas que fiz. A primeira com uma chave de braço, a segunda e terceira com estrangulamento e a quarta com uma chave de pé. Consegui impor o ritmo, graças a Deuas”, comenta.

O lutador já faturou dois títulos mundiais na faixa-azul, um na roxa e agora este na marrom. Mas será que vai ter tempo para outro na graduação ou a faixa-preta vem por aí?

“Não sei se vem a preta, mas nem me preocupo com isso. Vou continuar treinando forte para quando ela vier eu estar preparado para fazer frente. Isso é o que importa. Meu sonho é ser campeão mundial na preta e acho que é o de todo lutador. É a faixa onde todos se encontram e não tem para onde correr. Qualquer erro é crucial, o bicho pega.”

Atento às possibilidades, Langhinho ficou de olho nas disputas da principal graduação, e gostou do que viu.

“Desde as quartas-de-final, todas as lutas chamaram a atenção. São muitos atletas bons, todos em condição de ser campeões. Fiquei de olho e gostei muito da competição, foi bem legal!”, encerra.

E para saber todos os detalhes da cobertura do evento, acesse agora o Blog GRACIEMAG no Mundial.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *