Judô: Grand Slam do Rio terá 412 atletas de 58 países

Share it

Léo Leite está dentro. Foto: Divulgação.

Os principais judocas do planeta estarão em ação no Maracanãzinho nos dias 18 e 19 de junho. É lá que será disputado o Grand Slam do Rio de Janeiro, etapa do Circuito Mundial de Judô, e que vale pontos no ranking que definirá os representantes nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. E com recorde de participantes: 412 atletas de 58 países. Em 2010, segunda edição do evento em terras cariocas, foram 360 atletas de 50 países.

“Além de o Brasil ter se consolidado no cenário internacional como organizador de eventos de excelência, o fato de o Grand Slam valer 100% de pontos para Londres-2012 certamente fez com que mais atletas e nações participassem da competição”, diz o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley Teixeira.

Pelo ranking da Federação Internacional de Judô, estabelecido na temporada de 2009-2010 (de maio a abril), os pontos adquiridos em competições naquele ano perdem 75% do valor até o fechamento da lista Olímpica em 30 de abril de 2012.

Os pontos de 2010-2011 valerão 50% do total e, a partir de maio de 2011 até abril de 2012, os pontos serão 100% computados. Daí a importância do Grand Slam do Rio de Janeiro nesta conta. Valem pontos no ranking os Campeonatos Mundiais, Masters (Top 16), Grand Slam, Grand Prix e Copa do Mundo.

“Para o Brasil, lutar bem em casa será ainda mais importante. Temos que fazer valer nossa torcida”, afirma o coordenador técnico internacional da CBJ, Ney Wilson, citando os exemplos de França, Rússia e Japão, os outros organizadores de Grand Slam, que aproveitam seus eventos para garimpar preciosos pontos e medalhas. Por ser anfitrião, o Brasil poderá contar com quatro judocas em cada uma das 14 categorias em disputa. Em 2010, o seleção conquistou seis medalhas no Grand Slam do Rio de Janeiro.

A seleção brasileira chega ao Rio em 13 de junho, e fica em treinamento até a estreia na competição, no sábado seguinte. De 20 a 24 de junho, acontece o Treinamento de Campo Internacional, com a presença do Brasil e de grande parte dos países inscritos no Grand Slam. O treino coletivo será no Rio. No final de semana de 25 e 26 de junho é a vez da Copa do Mundo de São Paulo, também valendo pontos para Londres-2012.

Faixa-preta de judô e Jiu-Jitsu, Leonardo Leite exemplificou, via Twitter, a maratona dos atletas: “Vai começar, serão seis competições em sete fins de semana”.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *