Após vencer Tio Chico, campeão brasileiro muda jogo para Mundial

Share it

Daniel Garcia na grande final dos médios no Tijuca. Foto: Gustavo Aragão.

Daniel “Neguinho” Garcia (Nova União) não estava no radar para o peso médio do Mundial 2011, mas apareceu na tela com tudo, e já bombardeando.

Isso ocorreu graças ao excelente Brasileiro que fez no Tijuca, em maio, quando venceu uma categoria que tinha Alan “Finfou” do Nascimento, Augusto “Tio Chico” Vieira e outras feras mais experientes.

O peso médio da Nova União acreditou em si e se deu bem. Em sua primeira luta, passou a guarda e finalizou no pescoço. Venceu a segunda e, na semifinal, Alan Finfou se contundiu e não pôde entrar para lutar. Restou a final contra Tio Chico – uma das melhores lutas vistas no Tijuca no fim de semana do dia 14 e 15 de maio.

Daniel é quem conta:

“Na final, rolou uma estratégia de pontuar e sair na frente, para conseguir segurar o máximo por baixo. No minuto final, explodi outra vez, usei uma inversão que sempre treino na academia e me dei bem: fiquei por cima e venci, 4 a 2”, relembra ele, que dá aulas nos EUA.

“O problema é que para o Mundial tive de fazer algumas mudanças. Muitas pessoas começaram a ficar de olho no meu jogo, e meu professor Rodrigo Feijão preferiu fazer algumas mudanças por precaução”, despista Daniel, faixa-preta há um ano e meio.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *