Ninja se aposenta do MMA

Share it

Ninjão contra Rampage, no Japão, em 2005. Foto: Susumu Nagao/Arquivos GRACIEMAG.

O ano de 2011 não está sendo fácil para os fãs de MMA. Depois de Randy Couture, Ricardo Cachorrão, Kevin Randleman e outros veteranos, ontem foi a vez de Murilo Ninja anunciar que está se aposentando.

O outrora empolgante lutador da Chute Boxe anunciou o fim da carreira após derrota por nocaute em Londres, capital da Inglaterra, contra Tom Watson, no Bamma, via Twitter. A luta valia o cinturão do evento.

“Gostaria de anunciar oficialmente esta noite a minha aposentadoria das lutas profissionais de MMA”, escreveu.

“Foi uma estrada fantástica e esse é um momento muito difícil. Mas chega uma hora para tudo na vida, e é hora de seguir em frente. Tenho orgulho de tudo que fiz no MMA e todas as experiências que tive nessa profissão que abracei com amor. Vou continuar trabalhando no MMA dando seminários, aulas, treinando atletas, e fazendo minha parte para ajudar nosso esporte que eu amo tanto”, disse Ninja, antes de agradecer às pessoas especiais de sua vida. “A vida continua, as lembranças ficam para sempre, e o MMA sempre será parte sempre da minha vida. Muito obrigado a todos!”.

Também pelo Twitter, o irmão Mauricio Shogun comentou o fim da carreira de Ninja nos ringues. “Tenho orgulho dele. Se o MMA está hoje onde está é por causa de guerreiros como ele”, disse Shogun.

Ídolo nos tempos de Pride, onde lutou de 2001 a 2006, Murilo “Ninja” Rua (20v, 12d) nasceu em 1980 e fez combates memoráveis contra Dan Henderson, Ricardo Arona, Zé Mario Sperry, Kevin Randleman, Joey Villasenor e Quinton Jackson.

Confira um vídeo com o melhor da carreira de Ninja.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. pedro ponce at 11:12 pm

    o video mostra o ninja mais apanhando do que batendo,
    pela trajetoria dele podiam por um video melhor, um ótimo
    lutador, muito coração, qdo ele lutava era certeza de lutão!!
    valeu Ninja

  2. Marcelo Dunlop at 2:57 am

    O coração do Ninja era algo enorme, talvez mais que a técnica, e acho que isso está bem representado no vídeo, mas valeu a sugestão – vamos buscar outro resumo, com uma edição melhor. Ao Ninja, parabéns pela carreira. Você foi um lutador com diversas aparições na capa da NOCAUTE, e que inspirou muita gente. Isso sim não tem preço, e vale muito mais do que um cinturão dourado. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *