O que muda no UFC com a doença de Brock Lesnar

Share it

Brock Lesnar, em foto de divulgação.

Depois de Randy Couture e Ricardo Cachorrão, o fã do UFC teme estar se despedindo de mais um ídolo. O retorno da doença de Brock Lesnar, que vai dar lugar a Shane Carwin contra Júnior “Cigano” dos Santos, sacudiu o mundo do MMA, e a carreira do astro peso pesado pode estar condenada.

Brock ainda não divulgou se vai se submeter a uma cirurgia para combater a diverticulite, doença que atacou seu intestino pela primeira vez em 2009, e que ontem obrigou o UFC a convocar uma coletiva de imprensa às pressas para divulgar o fato e o novo oponente de Cigano no UFC 131, no dia 11 de junho em Vancouver, Canadá.

Lesnar enfrentou ontem uma maratona de exames de 14h numa clínica. O peso pesado, que foi capitão de um dos times do último TUF, ficou afastado quase um ano do UFC em 2009, e garantiu ontem que não vai se aposentar. Mas não depende só da vontade dele, infelizmente.

O mão-pesada Carwin, que vinha treinando para enfrentar o norueguês Jon Olav Einemo, declarou que vai agarrar essa chance, que ele vê como um novo atalho para o cinturão. Einemo (6v, 1d) vai enfrentar agora Dave Herman (20v, 2d) no UFC 131. Joey Beltran, que encararia Herman, vai lutar com Aaron Rosa.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *