Uma noite de MMA que Recife nunca vai esquecer

Share it

Gragor e a Panicat Nicole Bahls. Foto: Junior Samurai.

Com excelentes combates, nocautes e finalizações, o IFC agitou o público que compareceu ao Centro de Convenções, nesta sexta-feira (29 de abril), em Recife. Muitos foram os destaques e ainda valeu a estreia de Gregor Gracie em solo brasileiro.

Estreando no Brasil, Gregor fez mais de quatro mil pessoas irem ao delírio, quando adentrou o corredor que levava ao cage com a camisa do Brasil e a música “Maracatu Atômico” de Chico Science, cantor pernambucano falecido na década de 90. A velha rivalidade do futebol foi posta a prova no MMA, e o faixa-preta da família mais tradicional do Jiu-Jitsu mostrou que está melhor que a seleção canarinho. Enfrentando o argentino Mariano Hinojal, Gregor foi rápido no gatilho, e com apenas 29 segundos deu o bote no pescoço do hermano com uma guilhotina. “É um prazer lutar em casa, só luto nos Estados Unidos contra americanos, e agora ver essa galera do meu lado fiquei muito feliz.” comemorou Gregor.

Rony ataca Paulão Filho. Foto: Junior Samurai.

A luta principal da noite colocou frente a frente o faixa-preta de Carlson Gracie Paulão Filho e a revelação potiguar Rony Marques. Em confronto sensacional, Rony encontrou seu jogo na primeira parcial e colocou Paulão de costas no chão, quando trabalhou bem no ground and pound até o final do round. Como diz o velho ditado “O que não me mata, me fortalece”, Paulão ressurgiu com o olhar de pitbull, como se estivesse preso à uma corrente, avançando e recuando pronto para atacar antes de soar o início da segunda etapa. Mario Yamasaki mal autorizou e Paulada partiu feroz, com socos e um chute baixo que fez Ronys cair. Montou, bateu e encaixou um katagatame, mas o craque da kimura-Nova União foi salvo pelo gongo. No derradeiro round, Ronys logo derrubou e chegou na meia-guarda, de onde bateu até o fim do duelo. Nas papeletas, vitória por decisão unânime de Ronys Marques, que chorou e se ajoelhou para reverenciar Paulão Filho, seu ídolo no MMA. “Sou fã do Paulão desde criança. Para você ter uma ideia, nem assisti às lutas do Paulão para esta luta, já tenho tudo gravado na minha cabeça por ser tão fã dele”, disse o fiel escudeiro de Jair Lourenço

Ex-desafiante ao cinturão do UFC, Hermes França não encontrou moleza com o local Thawã Rill. Ao longo do primeiro giro, o ex-campeão do WEC quase foi surpreendido por Thawã, que começou a ganhar confiança na trocação. Hermes deixou o pernambucano crescer na luta, até que, aos 56 segundos do segundo round, o faixa-marrom da Nine Nine-PE acertou um cruzadaço que fez Hermes descer grogue, ai mais dois socos selaram o resultado que valeu o prêmio de melhor nocaute da noite. “Graças a Deus deu tudo certo, eu falei para o meu professor Jaime: ‘Essa mão tá perigosa’. Vou sempre dar show, não tenho medo de perder, eu luto para dar espetáculo”, falou o novo ídolo de Recife

Ronys Torres vence mais uma. Foto: Junior Samurai.

Ex-UFC, Ronys Torres deu um show de arte suave no cercado recifense. Ao encurralar Helderson Filhão nas grades, logo derrubou e no chão mostrou seu arsenal de golpes. Na montada, encaixou uma kimura e uma guilhotina para depois finalizar com um armlock o lutador da CM System, que é surdo e mudo. “Graças a Deus deu tudo certo, venho treinando forte, lutei no Shooto, venci aqui e luto na quinta-feira em Manaus, o ritmo tá frenético, quero trabalhar mesmo, sou funcionário do MMA.”

Nas outras lutas, destaques para Carlos Prater que com um Jiu-Jitsu afiadíssimo não demorou a encaixar um mata-leão e finalizar o duro Henrique Mello, além do cearense Eduardo Cachorrão, que mostrou raça e uma mão pesada para acertar um direto no forte Erick Wanderley e fechar a conta com mais alguns golpes até o juiz interromper.

(Por Junior Samurai)

Confira todos os resultados:

IFC
Centro de Convenções, Recife, Pernambuco
29 de abril de 2011

84Kg Ìcaro Silva (Fx Nova União PE) venceu Gilvan Batista (Marcos Valle PE) com nocaute técnico no 2R
66Kg Rodolfo Marques Diniz (Nova União RJ) venceu por decisão dividida Marcos Vinicius (Nine Nine PE)
93Kg Carlos Cachorrão (SAS/Dragon Fight/NU CE) venceu Erick Wanderley (Gracie Fusion BH) por nocaute técnico no 3R
77Kg Mario Soldado (CM System PR) venceu Renée Forte (SAS/Dragon Fight/NU CE) por nocaute técnico no 2R
93Kg Kleber Orgulho (Champion/Minotauro Team BA) venceu Cassio Jacaré (Jacaré Team PE) por decisão unânime
70Kg Ronys Torres (Nova União RJ) finalizou Helderson Filhão (CM System PR) no 1R
70Kg Carlos Prate (Thugjitsu EUA) finalizou Henrique Mello (Nova União RJ) com um mata-leão no 1R
77Kg x Gregor Gracie (Renzo Gracie BJJ EUA) finalizou Mariano Hinojal (Cordoba – ARG) com uma guilhotina no 1R
73Kg Thawã Ril (Nine Nine PE) venceu Hermes Franca (Hermes Franca BJJ EUA) por nocaute técnico no 2R
90Kg Ronny Markes (Kimura NU RN) venceu Paulão Filho (BTT-RJ) por decisão unânime

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *