Calasans comemora mais um título antes de ser papai

Share it

Calasans na dura final contra corrales. Foto: John Lamonica.

O grande destaque do World Pro em 2010, nesta temporada Claudio Calasans também fez bonito. Apesar da derrota na categoria aberta antes da final, o faixa-preta da Atos foi o melhor no peso 83kg. Direto de Abu Dhabi, Cala bateu um papo com o GRACIEMAG.com.

O que achou da sua participação neste ano?

Entro sempre para dar o meu melhor e não foi diferente. O nível do evento foi muito alto, fiz somente lutas duras. Entrei muito concentrado, muito focado, em todos os campeonatos ganhando ou perdendo procuro analisar os erros para não acontecer mais, buscando sempre a perfeição do meu Jiu-Jitsu.

O que faltou no absoluto dessa vez?

Acho que faltou me adaptar um pouco na regra de seis minutos. Viemos de treinos muito duros para o Pan e Europeu, onde as lutas são de dez minutos, porém sei que tinha totais condições de conseguir esse título. Infelizmente, na minha quarta luta no absoluto, que foi contra o Cobrinha, apesar de ter atacado do começo ao fim, errei em um momento que não podia ter errado. Este ano não foi a minha vez, muitos absolutos virão pela frente e sei que qualquer absoluto que eu entrar para lutar posso sair campeão, independentemente dos adversários. Isso me deixa muito confiante!

Quais os próximos objetivos agora?

O Mundial está muito próximo, então meu foco agora é nele. Não sei se vou competir em outros eventos antes, mas, independente disso, meu treino será visando o Mundial. Esse título falta na minha prateleira e vou treinar para chegar na melhor forma possível, melhor preparado que em todos os eventos que já lutei. Ainda não está nada certo se vou lutar o absoluto, mas quem sabe lá estarei brigando por isso também!

O que achou da sua luta final contra o Vinicius Corrales?

A final foi mais uma luta dura no meio de tantas outras que tive. Comecei perdendo, aliás fiquei atrás do placar até o minuto final. No entanto, estava muito confiante na vitória, não tirei da minha cabeça do começo ao fim que sairia vencedor. Já estava ficando mal acostumado, vim de duas finais importantes no Europeu e Pan, onde finalizei minhas lutas. O resultado final é o importante e graças a Deus estou me mantendo no topo da categoria.

Quero agradecer a todos que estão envolvidos nas minhas vitórias, minha equipe Atos. O pessoal da minha cidade, São Jose dos Campos, que está sempre na torcida e me ajudando na academia. Pô, tem muita gente para agradecer, tenho muitos amigos que me apóiam e estão sempre me incentivando independentemente dos meus resultados. Minha família que fica em casa apreensiva no Brasil torcendo por mim, em especial a minha esposa que está grávida de cinco meses e me ajuda muito para eu estar focado totalmente na minha profissão, segurando as pontas lá em casa. Estou muito feliz com os meus resultados! Valeu!

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Prof Calasans at 9:43 pm

    É,o Miguel Calasans Camargo Certamente também será um lutador!O pai dele já praticava dentro da barriga da mãe que ainda não sabia que estava grávida, o médico que fez o parto era faixa preta e iniciou nas lutas aos 3 anos de idade e pelo jeito o Miguel vai pelo mesmo caminho, com pai e mãe faixas pretas , avos, tios ,irmãos e primos lutadores…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *