World Pro: O último dia – Parte 1

Share it


Na sexta-feira, durante o café da manhã no restaurante do hotel Armed Forces Officers, Lucio Lagarto e Marcus Bochecha serviam seus respectivos pratos junto à bancada do bufê, quando, de repente, esbarraram-se.

Finalistas da categoria acima de 92kg, os dois atletas partiram para as gaiatices: “Vê se amanhã, na final, me puxa pra montada, hein”, emplacou Lagarto. “Que isso, rapaz, me puxa pro cem-quilos, faz favor”, respondeu o oponente.

Os dois sorriram e trocaram tapinhas nas costas. Foi quando Bochecha, numa manobra desastrada com o garfo, deixou um pedaço de abacaxi cair de seu prato. O atleta se abaixou, pegou a fruta do chão e colocou sorrateiramente num cantinho da bancada. O acontecimento passou despercebido por todos no restaurante, menos para a mente imaginativa de nossa reportagem: a queda do abacaxi seria um presságio ruim para o atleta da ChekMat?

Guardamos essa história na cabeça e esperamos pela decisão da categoria, que aconteceu às 14h30 (horário de Abu Dhabi) deste sábado. Lá estavam novamente os dois lutadores frente a frente, agora no centro da área de combate. Lagarto não puxou para o cem-quilos, como Bochecha havia pedido no dia anterior. Puxou para a meia-guarda e dali arquitetou uma raspagem do tipo balão: 2 a 0. Bochecha tentou reverter o placar, mas acabou cedendo brechas para que o oponente passasse a guarda e chegasse ao cem-quilos. Quando o cronômetro acusou o fim da luta, o placar marcava 5 a 0 para o réptil.

World Pro 2011 10

Ainda na sexta-feira, a reportagem do GRACIEMAG.com – inconveniente, como de costume – atrapalhou a caminhada romântica de Augusto Mendes com a namorada, a sempre simpática Mackenzie Dern. Cheios de teoria, perguntamos ao lutador: “Tanquinho, não dá para dizer que você treina mais que o Rafa Mendes, nem que ele treina mais que você. Ambos são extremamente dedicados e focados no Jiu-Jitsu, ambos estão no auge da carreira e chegam embalados para a final do peso até 65kg no World Pro Cup 2011. Dito isso, o que pode fazer a diferença no combate?”.

Tanquinho sequer pensou para responder: “Olha, não dá realmente para dizer que eu treino mais horas por dia que o Rafa, mas uma coisa não dá para negar: eu treino há mais tempo que ele. Então, acho que minha experiência vai ser um fator positivo. Além disso, conheço melhor as regras que ele, pois também me especializei em arbitragem. Sei que isso parece bobagem, mas é um detalhe que também conta a meu favor. Agora, o que vai ser o maior diferencial nisso tudo é a vontade de ser campeão. Vamos ver quem tem mais vontade”, respondeu o faixa-preta da Soul Fighters.

Na decisão de hoje, Rafa e Tanquinho empataram em 4 a 4 (nos pontos) e em 1 a 1 (nas vantagens). Aliás, a vantagem de Tanque veio praticamente no segundo final do confronto. Os atletas se ajoelharam ao centro do ringue enquanto o juiz pedia o voto dos árbitros auxiliares. A torcida em sua maioria gritava o nome de Tanquinho. O juiz voltou ao centro da área de luta e levantou o braço do namorado de Mackenzie. Este vibrou muito. Já Rafa Mendes, nitidamente desapontado com o resultado, sequer subiu ao pódio para receber a medalha de prata.

World Pro 2011 3

“Ele trabalhou bem dando giros e eu não estava no melhor do meu gás. Parabéns ao meu adversário”, disse Celsinho Venícius, ainda esbaforido, após descer do pódio, com a medalha de prata no peito. A entrega de medalhas no World Pro é feita assim que termina a final de cada categoria. Ou seja, os atletas saem direto do tatame para o pódio, não dá nem para retomar o fôlego.

A declaração de Celsinho se referia à final da categoria até 74kg, na qual ele perdeu para Leandro “Lo” Nascimento por 4 a 1 em vantagens (nos pontos houve empate em 0 a 0). Não foram poucos os posts elogiosos a Leandro que o GRACIEMAG.com recebeu nas últimas horas. As saudações são merecidas. O faixa-preta fez uma campanha espetacular neste World Pro, derrotando feras duríssimas antes de enfrentar o bravo Celsinho na final. Uma dessas feras foi ninguém menos que Michael Langhi.

World Pro 2011 5

Aguarde a parte 2 do relato direto de Abu Dhabi. Fotos: John Lamonica.

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Odair Filho at 1:59 pm

    Rafael Mendes,

    Depois daquela entrevista de uma pessoa madura e esclarecida,nao pensei jamais que voce teria esta falta de elegancia em nao subir ao podio!! “As vezes falarmos e mais facil do que praticarmos,entao tente nao se atrapalhar entre falas e atitudes.” So um conselho,ainda sou muito fa de seu jiu jitsu,entao nao deixe suas atitudes atrapalharem sua carreira!!Boa sorte no mundial. E voce Guilherme espero que tenha aprendido a lição,independente de qual foi o resultado da luta, cuidado com as palavras e as apostas!!!

    Dair.

  2. Zezinho Magalhães at 10:35 am

    Parabéns Tanquinho vc realmente mereceu e Rafa vc não foi campeão desta vez mais com certeza leva o título de atleta mais MULEQUE e SEM ESPÍRITO ESPORTIVO do campeonato,vc tem que saber perder, tenho certeza que alguns de seus títulos foram consquitados em decisões polêmicas como esta. Aprenda a ter respeito com os patrocinadores do evento e com os telespectadores do mundo inteiro.

  3. flavio at 12:00 am

    RAFAEL MENDES GANHOUUUUUUUU E GANHOU MESMO , O TITULO DE MAIS MULEQUE PESO POR PESO HAUHAUHAUHAUHAUHAUAHAU QUANTAS VEZES SUAS LUTAS TERMIRAM EMPATADAS E VOCE GANHOU A LUTA ? MULEQUE CHORAO . E AINDA TEM A CARA DE PAU DE FALAR QUE EO MELHOR LUTADOR PESO POR PESO HAUBAUAHUABHAHUAHUA VOCE ESTA VIRANDO PIADA . NAO TEM ROGER GRACIE , ROMULO BARRAL , BRAGA NETO , RODOLFO VIEIRA ENTRE MILHARES DE OUTROS QUE SE LUTAREM COM VOCE TE QUEBRA AO MEIO … SAI DAEEEEEEEEEE FILE DE BORBOLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *