Bruno “Highlander” diz como bater Rodolfo na final

Share it

Bruno Bastos. Foto: Arquivo Pessoal.

Um dos mais veteranos nas finais do World Pro, em Abu Dhabi, Bruno Bastos segue incomodando a vida dos adversários. Há muitos anos, o faixa-preta da Nova União, que já tem idade para lutar de master, frequenta os pódios das principais competições. Nas final do peso 92kg, neste sábado, Bruno vai ter Rodolfo Vieira pela frente. Antes das próximas emoções do World Pro, Bastos responde algumas perguntas ao GRACIEMAG.com.

Você é imortal?! Como consegue se manter competitivo em tantos anos na estrada?

Obrigado pelo elogio! Depois de tanto tempo na estrada, faz bem ouvir isso (risos)! Apesar de dizer aos meus alunos que sou highlander, a verdade é que amo tanto o que faço cara… Isso conta muito, com certeza, porque só desse jeito posso continuar treinando, fazendo preparação física e dando aulas, aula particular, seminários… Tudo ao mesmo tempo. É muito desgastante, mas, no final, quando piso no tatame, é a hora da festa. Lembro de cada um que pisa comigo ali por fazer parte da minha vida, então pisar ali no tatame não tem preço pra mim. Amo demais isso!

Fale do caminho até a final…

A primeira luta foi contra um faixa-marron local, com base dura de judô e wrestling. Já tinha lutado com ele no sem kimono, na semana passada, mas com kimono foi mais tranquilo, pois ele não conseguiu travar tanto. Então raspei, montei e depois passei a guarda. A segunda luta foi com o Ricardo Evangelista, cara muito duro, me deu um armlock no talo que consegui sair e virei a luta raspando, quando faltava dez segundos. Haja coração pra tanta adrenalina (risos)! A semifinal foi com o Rafael Lovato e ganhei uma vantagem logo no início, ao chegar à meia-guarda dele, tentei passar, mas ele conseguiu repor. A partir daí, ele se preocupou mais em reclamar com o juiz do que lutar e eu fui apenas levando até o final.

Como frear o Rodolfo Vieira nesta final?

Lutando pra vencer, não importa como. Ele tem a juventude e vigor de vantagem, mas o que ele tem de idade eu tenho de Jiu-Jitsu (21 anos). Ele ainda tem muita coisa pela frente, eu já estou em outra fase da vida, então vou fazer de tudo para não deixar passar esta oportunidade por mim, por minha família e pela Nova União.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. junior jpa at 10:59 am

    estou torcendo para o meu amigo Rodolfo,mas não posso deixar passar despercebido o Bruno,exemplo de humildade,garra e Hombridade,exemplo para todos depois de todo esse tempo passei a admira-lo tambem,não escolhe adversario,lutando tudo…..

  2. Pedro at 11:14 am

    Parabens Bruno Bastos! assim que se fala!!!!!!desistir nunca,pois todo atleta tem seu dia ruim.
    Seu dia chegara cara!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *