Mais uma faixa-preta na área

Share it

Letícia dá a nova graduação a Bia.

A pupila de Letícia Ribeiro deixou o Pan de Jiu-Jitsu, em Irvine, com duas medalhas no peito e uma faixa de cor diferente na cintura.

Como informa o Blog Graciemag no Pan de Jiu-Jitsu, onde é possível acompanhar todos os detalhes do evento, no sábado Bia fez três lutas no absoluto. Primeiro bateu Naoko Watanabe, depois apertou o pé de Michelle Nicolini. Já com o bronze garantido, fez luta dura contra Luanna Alzuguir, mas acabou perdendo por 4 a 0. No domingo, fechou o leve com a companheira de equipe Ana Carolina Lebre e levou a medalha de ouro.

O desempenho foi o bastante para Letícia decidir dar a faixa-preta para Bia.

Ela comentou o fim de semana de emoções: “Terceiro lugar no absoluto, primeiro na categoria e de quebra ganhei a faixa preta. Muito feliz!”

Ler matéria completa Read more
There are 9 comments for this article
  1. isaias at 6:57 pm

    Parabens, ela eh uma boa atleta, ja começa com promessa de dar trabalho nos torneios…mas como as atletas femininas são poucss em todos os lugares, as faixas pretas/marrons já lutam juntas ha tempo, daí pode não ser uma “surpresa” ela dar trabalho na preta no peso.
    Realmente o sensei Roger Gracie precisa dar uma palestra, listar seus argumentos pessoais e de alguma forma usar sua influencia positiva para isso- motivar o povo a lutar mais e parar de fechar! To cansado de ver faixar pretas(professores) falando que deixaram de competir na preta após uns anos pelo “excesso de lutas amarradas e pela falta de motivação a quem dedicou a vida para o esporte”. No judô isso não existe pois quem quer ir para a seleção nacional, juntar pontos para participar de torneios mundiais e olimpiadas, precisa fazer “curriculo” competindo e muitas vezes disputando vagas com amigos de treino.
    A CBJJ e IBJJF deveriam considerar colocar colegas de equipe na mesma chave, pensar em algo tipo- quem ganha com finalização vai com “ponto extra” para a proxima luta. A pontuação geral das equipes poderia contar pontos distintos para quem vencer com pontos,vantagens,decisão de juízes, e claro, o time que mais finalizar merece mais pontos!! Sem duvida isso vai motivar o esporte!GOD bless!

  2. LUKA at 12:12 am

    parabens bia,como sempre casca grossa. Mais do que merecida a faixa preta,ja estava demorando. Se vc fechou ou nao a categoria nao interessa,pois se puxar seu historico,vao ver a ATLETA dedicada,guerreira q vc eh.
    Tu tem muito chao pela frente, e muitas vitorias a conquistas.
    Agora parceira de quarto,GO ABU DHABI e agora com a pretinha na cintura.
    Bjao e sucesso sempre.

  3. Naval at 11:01 am

    Por que será que o masculino fecha chave com a equipe, a dupla feminina da Alliance fecha absoluto e ninguém se incomoda?
    PRA KARINA:
    BIZARRO seria vc interpretar o texto acima com sabedoria porque em lugar nenhum a Bia Mesquita diz que ganhou a luta, mas sim que foi 3ª no absol e 1ª na categoria e de quebra GANHOU A FAIXA PRETA!
    PRO ISAIAS:
    Eu concordo com vc e completo dizendo que seria fundamental o exame antidoping também!!!
    PARABÉNS BIA!!!

  4. shirley at 11:11 am

    Parabéns Guerreira! Valeu cada gotinha de suor esses anos todos, vc não é campeã por acaso, seus principais títulos no currículo são: CAMPEÃ Mundial, Européia, Pan Americana,Sul Americana, Brasileira, Estadual… e por aí vai!
    Ainda vem uma BOSSAL tentar tirar seus méritos… põe o kimono e vai treinar!!!

  5. Bruno at 11:29 am

    Parabéns Bia sou seu fâ e adoro seu jiu-jitsu! Acompanho vc dsd a faixa amarela quando vc caminhava pelas mãos do Alexandre PH e sei que vc sempre foi um fenômeno! Essa faixa preta é mais que merecida!

Deixe uma resposta para Bruno Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *