UFN 24: Phil Davis passa por Minotouro

Share it

Phil Davis na luta contra Minotouro. Foto: Josh Hedges.

A noite foi agitada em Seattle, neste sábado, com o UFN 24.

Na principal luta da noite, Rogério Minotouro e Phil Davis combateram por três rounds. Mas, no final, as papeletas anotaram decisão unânime para Davis, que segue invicto na modalidade, agora com nove triunfos.

Em outra luta aguardada, Anthony Johnson venceu Dan Hardy por decisão unânime. Hardy não tem sorte desde a disputa de título contra Georges St-Pierre, com três derrotas consecutivas.

Confira todos os resultados:

UFC Fight Night 24
Seattle, Estados Unidos
Sábado, 26 de março de 2011

Phil Davis venceu Antonio Rogerio Nogueira por decisão unânime
Anthony Johnson venceu Dan Hardy por decisão unânime
Amir Sadollah venceu DaMarques Johnson por nocaute técnico aos 3min27s do R2
Chan Sung Jung finalizou Leonard Garcia aos 4min59s do R2
Mackens Semerzie finalizou Alex Caceres com um mata-leão aos 3min18s do R1
John Hathaway venceu Kris McCray por decisão dividida
Michael McDonald venceu Edwin Figueroa por decisão unânime
Christian Morecraft finalizou Sean McCorkle com uma guilhotina aos 4min10s do R2
Johny Hendricks venceu Anthony Waldburger por TKO a 1min35s do R1
Aaron Simpson venceu Mario Miranda por decisão unânime
Nik Lentz finalizou Waylon Lowe com uma guilhotina aos 2min24s do R3

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. alex at 10:43 am

    com todo o respeito aos irmãos nogueira mas acho que está na hora de parar, trocação não é a praia de vocês ou voltam para o jiu jitsu ou ficam como vem ficando, perdendo sempre e estão levando o cigano para o mesmo caminho só trocação vamos ver quando ele pegar o cain, sou fã dos caras mas o vale-tudo é um esporte complexo e vejo que os caras bons de chão querem ficar na trocação, não entendo nada, outra coisa que quero falar é para wanderlei silva, ufc não é pride não tem japa galinha morta lá é dureza e você nunca foi bom de verdade enganava com os japas mas quando pegava pedreira só levava, mirko, até para o mark hunt perdeu, aposenta cara vira empresário que aí sim vai dar certo e faz do jeito que está fazendo, não encara o vitor mesmo porque vai ser vexame de novo, o wand é o tipo do cara que fala muito e faz pouco tipo tito ortiz, conversa com o dana para ele trazer uns japinhas bem cansadinhos do pride para você quem sabe ganhar uma…..

  2. pedro ponce at 1:20 pm

    concordo com alex, em algumas partes, sobre os nogueiras disse tudo,
    axam que são bons de boxe, aquele luis dorea tinha que fala pra eles,
    “vou treina vcs, mais qdo a luta começa vai pro xão, pq vcs são ruins de boxe”, o cigano ta indo na mesma direção, levou um suador do gordinho na ultima luta, se for assim com brock vai leva piau,vamo começa treina mais chão galera senão vai fica pior do que já ta.

  3. felipe amorim at 1:45 pm

    no que tange ao boxe, concordo com alex e com o pedro, mas não respeitar o cartel do minotauro é um crime, é como o royler disse certa vez: a vida é um ciclo, e eles se fecham, eu acredito que se fechou para eles, como se fechou para o rickson, que diferentemente do minotauro, ficou devendo fechar a carreira com chave de ouro, mas tudo bem, o assunto não é o rickson, a verdade é que estados unidos e japão correram atrás do tempo perdido, e com a estrutura colossal voltada para o esporte, acredito que dentro de pouco tempo o que vai restar para muitos brasileiros, vai ser treinar o chão dos caras, tome como exemplo o comprido.

  4. josildo at 3:27 pm

    Aconteceu o que eu já esperava: outra derrota de brasileiro, no caso Minotouro. Não sei onde é que ficou o jiu-jitsu agressivo que ele falou que ia usar. Acho que têm faltado duas coisas pros brasileiros ultimamente: aperfeiçoar as técnicas de chão especeficamente pra cada luta e MUITO, mas MUITO mesmo as condições atléticas como força, explosão, resistência. Gente, nós brasileiros que treinamos a arte suave sabemos que quando estamos no timming dos golpes de solo, encaixamos as posições mesmo que o adversário saiba qual golpe vamos aplicar. Mas parece que os caras não acreditam mais na eficiência do jiu-jitsu. Que pena. Pros veteranos que não vêm mais rendendo o mesmo de antes e que não querem mais se ater aos pequenos detalhes técnicos que fazem toda a diferença, é melhor se aposentarem.

  5. Rafael at 8:41 pm

    O que falta pra eles é um córner. Na época da BTT, eram 3 (Libório, Murilo e Bebeo), mas eles falavam a mesma língua, JJ. Hoje ele tá com o minotauro, anderson e dórea. Vai entender a estratégia…cada um vai puxar para o seu lado. No caso do Cigano, ele boxer nato, tem a técnica, o tamanho e a força pra isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *