Jon Jones não dá chances a Shogun e leva o cinturão

Share it

Jon Jones, no flagra de Dan Rod durante a pesagem.

O americano Jon Jones é o novo campeão dos meio-pesados do UFC.

Na noite desse sábado, o garoto prodígio do MMA não deu chances ao brasileiro Maurício “Shogun” Rua e levou o cinturão para casa.

Jones foi superior desde o primeiro round.

Com um arsenal variado de chutes, socos, cotoveladas, quedas e joelhadas e aparentando estar em muito melhor forma física do que o curitibano, Jones manteve seu domínio durante todo o segundo round.

Quando a luta retornou para o terceiro round, a impressão era que apenas um golpe de sorte poderia salvar Shogun.

Infelizmente, esse golpe de sorte não veio e aos 2min37s da terceira etapa, após mais uma série de golpes duríssimos, uma joelhada de Jones que jogou Shogun ao chão obrigou o árbitro Herb Dean a interromper a luta ao mesmo tempo que o brasileiro dava três tapinhas no tablado sinalizando sua desistência.

Já de cinturão, o novo campeão agradeceu a todos que o ajudaram na caminhada e deu a mensagem: “Eu sou a prova de que todo sonho é possível. Se você tem coração e determinação, não desista”.

O próximo oponente de Jones deve ser o ex-companheiro de treinos Rashad Evans.

Shogun, guerreiro como sempre, reconheceu a derrota: “Minha estratégia era lutar com ele onde a luta fosse, mas ele foi melhor do que eu. Está de parabéns”.

Confira os resultados de todas as lutas:

UFC 128

Newark, Nova Jersey

19 de março de 2011

Erik Koch nocauteou Raphael Assuncao aos 2min32s do 1R

Nick Catone venceu Constantinos Philippou por decisão unânime

Joseph Benavidez venceu Ian Loveland por decisão unânime

Gleison Tibau venceu Kurt Pellegrino por decisão dividida

Mike Pyle venceu Ricardo Almeida por decisão unânime

Edson Junior venceu Anthony Njokuani por decisão unânime

Luis Banha Cane derrotou Eliot Marshall por TKO aos 2min15s do 1R

Brendan Schaub nocauteou Mirko Cro Cop Filipovic aos 3min44s do 3R

Nate Marquardt venceu Dan Miller por decisão unânime

Jim Miller derrotou Kamal Shalorus por TKO aos 2min15s do 3R

Urijah Faber venceu Eddie Wineland por decisão unânime

Jon Jones derrotou Mauricio Shogun Rua por TKO aos 2min37s do 3R

Ler matéria completa Read more
There are 15 comments for this article
  1. Vinicius at 4:06 am

    A luta de um homem só.

    Shogun irreconhecivel, não foi nem de longe aquele Shogun que tomou o cinturao de Lyoto Machida.

    Triste.

  2. jack at 9:39 am

    Q pena!!! Pesou a idade!!! a atitude marrenta do contender antes da luta foi o golpe de marketing obrigatorio q todos tem que ter para fazer promoçao e vender per-pay view . Shogun mostrou algo q todos temem, a idade pesa! Agora eh provavel que Jon Jones segure o cinturão por mais um tempo…Rashad eh amarrão e baixinho, não vai nem incomodar!

  3. Rafael at 12:44 pm

    Melhor que voce “Shogun”?!!

    Com um gas daquele qualquer um seria melhor que voce,mais profissionalismo Shogun, o esporte esta crescendo. Sua tecnica e sua agressividade dependem de gas!!!

  4. Gamal at 1:03 pm

    O que pesou foi a falta de preparo adequado para a luta. O Shogun só tem 29 anos. Da forma como ele se apresentou, ele poderia ter 17 que perderia.

  5. valber at 1:36 pm

    estava torcendo mto para o shogun,mas infelizmente não deu dessa vez…
    mas parabéns para jon jones,que provou de vez, ser um grande lutador!!

  6. felipe amorim at 1:38 pm

    isso era previsível, todo mundo sabia que os estados unidos correriam atrás do tempo perdido, uma vez que eles possuem uma estrutura gigantesca voltada para o esporte, seria apenas questão de tempo….

  7. Alexg at 2:42 pm

    Além de ter enfrentado um oponente superior, achei o Shogun extremamente fora de forma e sem ritmo de luta algum. No entento fico muito mais decepcionado com a midia especializada brasileira em MMA do que com o lutador em si, incrível como esses profissionais que acompanham de perto a preparação dos nossos atletas não nos informam a real condições dos lutadores….esta tudo sempre muito bem, estão sempre preparados, na melhor forma…e quando assistimos as lutas (ou entrevistas pós lutas) o que vemos são profissionais que não se prepararam devidamente por contusão, problemas de saúde, tempo, etc. Será que a midia especializada em MMA brasileiro que conta com grande profissionais passará um dia a nos informar devidames e emitir opiniões próprias as invés de se portar apenas como torcedores?

  8. Domani Souza at 6:06 pm

    Não entendo, “faixa-preta” de BJJ, não ter domínio de chão!
    Não entendo, na “especialidade”, estar perdido e sem ritmo!
    Não tem haver com idade, mas profissionalismo, amor ao que faz e qualidade!

  9. Roni at 8:04 pm

    Que issu, completamente fora de forma, uma pessoa que vive do esporte jamais pode perde o gas daquele geito… Pode parar viu……..

  10. Buballu at 10:25 pm

    Pronto, é só perder que as desculpas aparecem.

    Sejam menos hipocritas , ele tomou um pau e feio, pior pediu arrego, isso mata qualquer lutador.

    Deveria aposentar, sair nocauteado, finalizado, direto para o hospital ainda va, agora pedir AGUA é humilhante demais.

    jon Jones calou ele, poderia lutar na sequencia com mais 2 shoguns igual o de ontem que ia atropelar novamente…

    nao tem essa de contusao, tava MORTO, SEM GAS, uma galinha morta, …

    Jon jones, fez graças, porque poderia ter acabado no 2 round e nao fez pq nao quis, deu voadora, saltos, giratorios, cotovelada, e o shogun ??? mau conseguia ficar em pé, no chao entao, meu Deussssssssssssss

    Parecia iniciante de jiu, se matando de fazer força ao invez de usar a cabeça, tomou umas pancadas e ao invez de girar, tomar um ar, nao ja ia pra cima e morreu na burrice de tentar levar para o chao, insistia e só caia por baixo.

    E por favor aos baba ovos, ele tava bem sim, nao tem essa de altura que o bomberem é tao grande quanto o jon, fora outros, isso é desculpas…

    A diferença que fez foi a mesma do fedor, estar muito tempo sem lutar de verdade, só treinando treinando, isso nao leva a nada, o cara tem que lutar se ficar treinando vai apanhar sempre….

  11. Cristiano at 4:15 pm

    Pra mim foi mais mérito do Jones do que falta de preparo do Shogun. O negão é casca grossa, aquela sequência de golpes do início deixou o brasileiro no piloto automático, dali pra frente foi um monólogo do americano. Eu estava torcendo pro Shogun, mas o americano veio muito bem preparado e tem muito talento.

  12. cristiancrf at 3:52 pm

    Vinicius comentário infeliz,que idade que nada quantos atletas jovens você conhece ou já viu campeão de um evento como este.E o que me diz do Anderson silva -Preparo físico é preparo físico você esta bem ou não agora a técnica de jon jones foi visivelmente superior fato que minou a resistência de shogum.Acredito que machida terá mehores sanches contra jon jones, por ter tecnica bem apurada alinhada com explosão da para o machida-abraços….Parabéns shogum Guerreiro Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *