Jiu-Jitsu se une pelas vítimas no Japão

Share it

Marcos Souza no Asiático. Foto: Kinya Hashimoto.

Faixa-preta campeão asiático, Marcos Souza, irmão do campeão mundial faixa-marrom Roberto Satoshi, vivencia toda a tensão e angustia do povo japonês desde o terremoto que causou uma das maiores tragédias do país.

“A coisa está feia, mas, graças a Deus, aqui na região onde moro não aconteceu nada de grave. Estava de dieta para lutar e, por alguns instantes, pensei que estava passando mal, com fome. Apenas quando vi o lustre balançando percebi que aquela tremedeira era um terremoto”, conta.

“Tentei falar com o meu irmão Roberto, mas os telefones não funcionavam. Preocupado, fui procurá-lo na rua, fiz o trajeto rumo à academia e o achei voltando para casa”, completa Marcos.

No Japão, muitos e organizam para ajudar na tragédia, e o Jiu-Jitsu não está fora dessa.

“Graças a Deus não aconteceu nada na minha casa e nem na academia. Mas as coisas aqui estão feias. Nos mercados não há mais água e em muitas regiões os postos não têm mais gasolina. Estamos fazendo um mutirão aqui entre o pessoal do Jiu-Jitsu para arrecadar alimentos e roupas e doar às regiões mais afetadas. Os interessados podem entrar em contato pelo meu e-mail (marcossouzajiujitsu@hotmail.com). Qualquer ajuda é bem vinda”, encerra.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Marcos Souza at 5:55 pm

    AGRADECO DE CORACAO PELA AJUDA DE TODA EQUIPE GRACIEMAG,E TODOS Q ESTAO ENTRANDO EM CONTATO PARA AJUDAR AS VITIMAS DO TERREMOTO E TSUNAMI QUE ATINGIU ALGUMAS CIDADES DO JAPAO…E MTO MANEIRO VER QUE PRATICANTES DA ARTE SUAVE TEM CORACAO E AMOR PELO PROXIMO…OSSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *