Quando a mulherada finaliza estereótipos

Share it

A mulherada na Emirates Cup, em Abu Dhabi. Foto: Acervo Pessoal Cassuza Fornari.

É comum em torneios de Jiu-Jitsu a participação feminina. Cada vez em maior número, as lutadoras proporcionam um espetáculo à parte e trazem mais beleza à arte suave. Tanto em campeonatos como em qualquer academia, o ambiente fica menos rústico e ganha ares mais leves. Natural quando isso ocorre nos EUA e no Brasil, mas no Oriente Médio, convenhamos, não esperávamos isso. Pelo menos não tão rápido.

Quando soubemos, aqui em Abu Dhabi, que o projeto de implementação do Jiu-Jitsu nas escolas também abrangeria meninas, não ficamos apenas surpresos. Mas, confesso, ficamos descrentes no sucesso. É claro que sabíamos da grande capacidade das professoras contratadas, mas ensinar luta agarrada numa região como a do Golfo já não era fácil para os meninos, imagina para meninas.

Hoje, todas as escolas femininas do projeto tem uma aceitação notável do Jiu-Jitsu. Houve em fevereiro o primeiro campeonato escolar feminino, e no último dia 4 de março testemunhamos um grande comparecimento feminino na Emirates Cup. Mais da metade das lutadoras lutaram com o hijab, o lenço islâmico que cobre os cabelos, o que prova mais uma vez a capacidade de conciliar esporte e tradição.

Após o torneio, que foi televisionado ao vivo nos Emirados, muitas de nossas “guerreiras” receberam ligações de familiares e amigos, dando os parabéns pela participação. Ou seja, prova do apoio familiar e apreço social.

Agora é esperar pelo World Pro, em abril, onde estas valorosas mulheres prometem mostrar que, no que depender do Jiu-Jitsu, vão continuar a finalizar os estereótipos. Parabéns pelo dia de ontem, mulheres.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. felipe amorim at 8:42 pm

    rapaz, se bin laden ver essa foto, o homem vai ficar louco, elas com certeza são muçulmanas taglit, ou seja, muçulmanas ocidentalizadas, isso com certeza está em desacordo com o alcorão.

  2. felipe amorim at 10:58 am

    prezado leitor Mohamad Jehad, o irmão provavelmente pertence ao povo do livro, me prova no livro, onde isso é permitido.

  3. Mohamad Jehad at 4:36 pm

    Prezado. nao existe proibicao quanto a pratica esportiva no Corao. A suna incentiva a pratica inclusive de esportes de combate. Esta semana o ADCC sediou uma competicao feminina de paises do Golfo, entre os esportes havia judo, taekwondo e westriling. Se houvesse resticao religiosa com certeza isto nao seria permitido aqui no Oriente Medio. Posso lhe garantir que é compromisso de todos nos aqui incentivar a pratica do Jiu-Jitsu entre as mulheres sendo elas muçulmanas ou nao. Grande abraco e obrigado pela leitura de nossos artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *