Sirizinho comenta conquista do Chicago Open

Share it

Gustavo, em foto de Felipe Pires.

Gustavo “Sirizinho” Pires foi o nome maior do último Chicago Winter Open, ao levar para casa duas medalhas de ouro, no peso pesado e no absoluto.

O professor da Gracie Barra Mission Viejo finalizou três lutas no armlock, e colheu algumas lições. Sua vitória, além disso, ajudou a Gracie Barra a conquistar o título geral por equipes. Festa completa, como ele comenta a seguir:


O que você aprendeu com a vitória no Chicago Open?

Fiz três lutas, a primeira contra o americano Frederick Ramie e a final do peso com Daniel Almeida, da Nova União. Finalizei as duas com um armlock. No absoluto, venci o Davi Ramos da Top Brother também com um armlock. A maior lição para mim é respeitar sempre meus oponentes, ser humilde. Isso conta muito na hora de lutar. Não que isso vá te fazer vencer, mas pode ter certeza que as pessoas passam a te olhar de maneira positiva. Agora quero lutar todos os campeonatos da IBJJF que eu conseguir.

Como está a vida na Califórnia?

A vida na Califa está otima, a academia está crescendo aqui, com muitos alunos novos. Agora estou dando aulas também na Gracie Barra Lake Elsinore, recebi um convite e aceitei esse novo desafio. É muito bom ver a família Gracie Barra crescer… Acho que tocar a própria academia é um desafio maior do que vencer campeonatos, porque a gente lida de uma maneira ou outra com a vida de várias pessoas, a meta não é fazer apenas campeões dentro dos tatames, mas fora dele também. Isso é um grande desafio.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *