BJ e a hora da virada: “Só quero mostrar por que comecei isso”

Share it

Fotos: Josh Hedges.

Duas derrotas consecutivas para alguns é o começo do fim. Para outros, um desafio. BJ Penn viveu isso após dois resultados negativos contra Frankie Edgar, o que custou o cinturão de leves. Depois disso, momentos de tensão no retorno ao meio-médio contra Matt Hughes, em novembro do ano passado.

“JD, os tempos têm sido difíceis para nós, mas não me importo se vou ganhar ou perder, só quero mostrar a todo mundo o porquê de ter começado a fazer isso,” disse Penn para o irmão mais velho, no vestiário, antes do desafio.

“BJ, eu não poderia ligar menos para isso”, JD respondeu. “Vai lá mostrar a todos quem você é.”

Após o momento entre irmãos, Penn começou a gritar no vestiário para entrar no clima da luta. E Hughes não teve a menor chance, nocauteado aos 21 segundos do primeiro round.

BJ acerta Hughes no UFC 123.

Agora o havaiano casca-grossa, primeiro estrangeiro a vencer entre os pretas no Mundial de Jiu-Jitsu e um dos primeiros atletas de chão a se especializar tão bem na trocação de socos, encara o também faixa-preta Jon Fitch, que vem numa série de cinco vitórias. O desafio acontece neste sábado, no UFC 127, Austrália, e o Combate transmite ao vivo, inclusive algumas luta preliminares.

E para a luta, BJ contou com nada mesmos que com a ajuda de Matt Hughes, seu último oponente, com quem já lutou em três oportunidades (duas vitórias e uma derrota).

“Wrestling é bem difícil. Você precisa ser um cara duro para lutar e é complicado de aprender. Se não começa novo, não tem os músculos certos para fazer as posições. È preciso ter as costas e o pescoço fortes”, analisa.

BJ é um dos poucos no UFC que já foi campeão em duas categorias distintas, assim como Vitor Belfort e Randy Couture. Caso vença, Fitch, deve ter mais uma chance, o que comentou Dana White, presidente do UFC.

“Não fazia ideia que Dana falaria isso, mas eu acho que, no coração dele, ele quer que eu me torne um campeão. Não importa que problemas tivemos ao longo dos anos, ele nunca vai admitir, mas quer me ver campeão”, encerra BJ ao site do UFC.

Confira o card completo:

UFC 127
Sydney, Austrália
Dia 27 de fevereiro de 2011

Jon Fitch x B.J. Penn
Michael Bisping x
Jorge Rivera
Dennis Siver x George Sotiropoulos
Chris Lytle x Brian Ebersole
Chris Camozzi x Kyle Noke
Spencer Fisher x Ross Pearson
Alexander Gustafsson x James Te Huna
Riki Fukuda x Nick Ring
Jason Reinhardt x Tiequan Zhang
Tom Blackledge x Anthony Perosh
Mark Hunt x Chris Tuchscherer
Maciej Jewtuszko x Curt Warburton

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *