UFC 127: Sotiropoulos entre os prediletos de Dana White no Jiu-Jitsu

Share it

Sotiropoulos contra Kurt Pellegrino. Foto: Josh Hedges.

Numa série de oito triunfos, sete deles no Ultimate, o australiano George Sotiropoulos é um dos mais aguardados pelo público em Sydney, no UFC 127, neste sábado. Casca-grossa no chão, com oito finalizações em 14 vitórias (duas derrotas), Sotiropoulos, que encara o também finalizador Dennis Siver (nove), costuma variar posições que vão da omoplata ao tradicional mata-leão.

A luta promete bastante técnica no solo e George terá de se aplicar no quesito para agradar o seu público. Entre os fãs do Jiu-Jitsu do Australiano está nada menos que Dana White, presidente do UFC, que elogiou o lutador em recente conversa com o GRACIEMAG.com. Sotiropoulos diz ter tudo para corresponder às expectativas:

“Uma semana eu fazia Jiu-Jitsu, nas outras wrestling, boxe e então o MMA, e de volta para o Jiu-Jitsu. Essa mentalidade sempre me manteve bem e me deu o objetivo de olhar em frente e estar sempre preparado. Essa mentalidade te dá algo para buscar todos os dias e é isso que eu amo fazer. Não me aceitaria fazendo outra coisa e, por isso, estou motivado todos os dias. Quero ser um lutador completo e acho que estou dando os passos para ser assim”, comenta a fera no site do UFC.

Muitos gostariam de vê-lo pelo cinturão, hoje com Frankie Edgar. O australiano prefere aguardar o seu momento.

“É bem-vinda (a luta com Siver) e acho que será um grande embate. Ele é tão perigoso quanto qualquer um que lutei e estou levando muito a sério. Ele tem muitas ameaças em seu jogo e algumas vitórias notáveis no currículo”, diz.

“A luta pelo cinturão não é o que está sendo oferecido para mim agora. Dennis Siver está sendo oferecido, é o que está na minha frente e é com isso que tenho que lidar. Basicamente, temos que trabalhar o caminho para disputar o título e vencer todos que estão na frente. Se não fizermos isso, então não merecemos. A disputa pelo título significa vencer todos, seja em um torneio ou subindo a escada. Você tem que definir as metas e alcançá-las. Agora a meta é bater Dennis Siver”, encerra.

Quer ver a fera em ação, e de kimono? Então confira a luta contra Naoya Uematsu, com direito a Ricardo de La Riva de juiz:

Confira o card completo:

UFC 127
Sydney, Austrália
Dia 27 de fevereiro de 2011

Jon Fitch x B.J. Penn
Michael Bisping x
Jorge Rivera
Dennis Siver x George Sotiropoulos
Chris Lytle x Brian Ebersole
Chris Camozzi x Kyle Noke
Spencer Fisher x Ross Pearson
Alexander Gustafsson x James Te Huna
Riki Fukuda x Nick Ring
Jason Reinhardt x Tiequan Zhang
Tom Blackledge x Anthony Perosh
Mark Hunt x Chris Tuchscherer
Maciej Jewtuszko x Curt Warburton

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Flavio at 10:06 am

    casca grossa esse australiano!!!! ruim de chão que dói, chegou nas costas várias vezes e ainda sem o adversário defender o pescoço e não finalizou, esse é o jiu-jitsu ultimamente pelo mundo qualquer um é faixa-preta, no máximo uma azul para ele, na minha academia tem azul que o mata. o japinha quedou ele à vontade.

  2. Carlos Eduardo Ozório at 11:35 am

    Flavio, com todo o respeito, o cara é bom de chão sim. Assista às lutas dele no UFC e vai ver que ele usa um Jiu-Jitsu muito eficiente no MMA. Quanto a perder as posições, lembre-se que do outro lado também há um lutador que muitas vezes sabe se defender e escapar do perigo…

  3. little at 11:40 am

    Gosto das lutas desse desse satiropoulos no ufc. legal ver um cara que nem e brasileiro e costuma usar o jj muito bem nas lutas. o erro de muita gente aqui no brasil é achar q todo o resto é otário… quero ver fazer campeão mundial e atleta com sete invictas no ufc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *