Lutas rápidas e definição de novo desafiante no Shooto BR

Share it

Amilcar em foto de Carlos Ozório

Aconteceu na tarde deste sábado, no teatro da Faculdade Bennett, no Rio de Janeiro, o Shooto Brasil 21. No card, alguns dos destaques da nova geração da Nova União. Vale destacar que nenhuma luta da edição ficou na mão dos juízes, quase todas definidas no primeiro assalto.

Na principal luta da noite, Amilcar Alves voltou a vencer depois de duas derrotas no UFC. De volta aos ringues nacionais, Amilcar finalizou Edimilson Santos com um triângulo de mão, no segundo assalto. Outra fera do time de André Pederneiras, Hacran Dias também finalizou contra Arielson Silva, só que no round inicial.

Num combate que valia a chance pelo cinturão 70kg da organização, a fera de Brasília Eliene Pit tratou de nocautear Eli Frank logo no primeiro round. Com o triunfo, o lutador agora encara o campeão Felipe Olivieri em data ainda indefinida.

Confira todos os resultados:

Shooto Brasil 21
Rio de Janeiro, Brasil
Dia 19 de fevereiro de 2011

Aquiles Campos (Nova União) finalizou Janaílson Kevin (BTT) com um armlock aos 2min44min do R1
Diogo Osama (Distrito da Luta) finalizou Alan Quirino (Infight) com um mata-leão aos 4min51min do R1
Eliene Pit (Cerrado) venceu Eli Frank (Carioca) por nocaute técnico aos 4min52min do R1
Fernando Bruno (Nova União) finalizou Vitor Pereira (TFT) com um mata-leão aos 4min37min do R1
Hacran Dias (Nova União) finalizou Arielson Silva (Morganti Jiu-Jitsu) com um mata-leão aos 3min17min do R1
Amilcar Alves (Nova União) finalizou Edimilson Santos (Morganti Jiu-Jitsu) com um triângulo de mão aos 46s do R2

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *