Pezão castiga Fedor e russo cogita aposentadoria

Share it

Pezão na montada. Foto: Dan Rod.

O corpo e o olhar eram parecidos. A explosão e a rapidez, não.

O mito Fedor Emelianenko, de 34 anos, pisou na jaula do Strikeforce esta noite, em Nova Jersey, buscando provar que ainda era o favorito para o título do Grand Prix, o renovado formato de torneio em que ele se acostumou a brilhar – e a vencer – no Japão, nos tempos do Pride.

Mas Antonio Pezão estava no seu caminho. Com uma montada eficaz, quedas eficientes e especialmente uma calma de arrancar aplausos, o gigante paraibano castigou o rosto de Fedor no segundo assalto. Não adiantaram as tentativas de escorregar e fugir da montada, estratégia que havia dado certo até com Minotauro em priscas eras (leia-se, em 2004).

Contra Pezão, Fedor ficou. As marretadas não foram suficientes para o juiz interromper, mas causaram danos severos no olho direito do ex-Imperador, olho que se fechou quando soou o gongo do segundo assalto. Após a interrupção do médico, enquanto Pezão fazia a festa e tentava conter as lágrimas, emocionado, Fedor falou ao microfone no meio do palco.

Disse, em russo, que talvez seja a hora de parar, sim. Se o pessoal do Strikeforce for sagaz, como costuma ser, arma uma luta de despedida milionária.

Pezão, por sua vez, prossegue. O faixa-preta da ATT agora enfrenta o vencedor de Fabricio Werdum x Alistair Overeem (atual campeão dos pesados), luta marcada para abril.

Na primeira luta do GP de pesados, Andrei Arlovski vinha bem na trocação e contava com o apoio do público. No entanto, Sergei Kharitonov mostrou por que era uma das grandes pedreiras do Pride. Depois de acertar o queixo de Arlovski, socou o oponente ao chão até a interrupção. O juiz separou aos 2min49s do R1.

Dois combates que antecederam o GP trouxeram muita emoção. Shane Del Rosario, aluno de Giva Santana, seguiu os ensinamentos do mestre, rei do armlock. Finalizou bonito com a posição Lavar Johnson aos 4min31s da primeira etapa e arrancou muitos aplausos do público, prova de que o americano também gosta de Jiu-Jitsu no MMA. Já Chad Griggs e Gian Villante trocaram para valer, com socos e chutes. Qualquer um dos dois poderia cair a qualquer momento e quem levou a pior foi Villante, nocauteado aos 2min49s do assalto inicial.

Na primeira luta do card principal, entre dois strikers, Valetijn Overeem surpreendeu contra Ray Sefo. Depois de uma breve trocação, Overeem tratou de derrubar, chegou do lado e finalizou em apenas 1min37s de combate. Mérito do holandês, que aprimorou o Jiu-Jitsu. Já a Sefo, recomenda-se umas aulinhas de chão.

Na preliminar mais aguardada, Igor Gracie não deu brechas e faturou a terceira vitória no MMA. Depois de levar um susto com uma joelhada logo no início, Igor aplicou uma bela queda, pegou as costas e terminou a primeira etapa montado no oponente. No segundo assalto, o Gracie tratou de derrubar, montou e apertou no katagatame, golpe que acabou com as chances de Salgado para a alegria do mestre Renzo, ao lado do Cage.

Confira todos os resultados:

Emelianenko com o olho ao estilo "Rocky Balboa". Cena inédita, captada por Dan Rod.

Strikeforce
Nova Jersey, EUA
Dia 12 de fevereiro de 2011

Antonio Pezão venceu Fedor Emelianenko por TKO (intervenção médica) no intervalo para o R3
Sergei Kharitonov venceu Andrei Arlovski por TKO aos 2min49s do R1
Shane Del Rosário finalizou Lavar Johnson com um armlock aos 4min31s do R1
Chad Griggs venceu Gian villante por TKO aos 2min49s do R1
Valetijn Overeem finalizou Ray Sefo com um estrangulamento lateral a 1min37s do R1
John Cholish venceu Marc Stevens com uma leglock aos 3min27s do R2
Igor Gracie finalizou John Salgado com um katagatame aos 3min4s do R2
Sam Oropeza venceu Don Carlo-Clauss por TKO aos 4min10s do R1
Anthony Leone venceu Josh Labarge por TKO (interrupção médica) no intervalo para o R2
Jason Maclean venceu Kevin Roddy em decisão dividida

Ler matéria completa Read more
There are 15 comments for this article
  1. Thiago Campos at 5:16 am

    Para mim é uma grande honra saber que um Paraibano entrou para historia do MMA derrotando esse Russo que tanto tirou a nossa alegria, há alguns anos atrás, muito antes de fazer sucesso no exterior, vi esse sujeito enorme chamado de Pezão trabalhando com transporte de valores na cidade de Patos, é difícil de esquecer aquela estranha fisionomia e agora é que será difícil mesmo! Parabéns Pezão, que Deus te cubra de bênçãos!

  2. Marcelo at 10:35 am

    Trabalhava 12 horas por dia como segurança e depois ia para a academia.
    Grande luta, mostrou ter alma de Brasileiro, coração de criança e garra de pé-grande. Quando estava por cima do Fedor me lembrou o grande Sakuraba com o seu famoso segura o pescoço e senta a porrada.
    O modelo de sucesso do Grand Prix da época do falecido Pride voltou!

    Fedor tem e terá seu lugar como “imperador” para sempre neste esporte novíssimo. Salve ao imperador e vamos “Brazil”!

  3. felipe amorim at 12:37 pm

    muito lúcido os dois comentários dos colegas, creio que estamos vendo o fim de um dos mitos do vale tudo, assim como rickson não luta mais-ainda que nãio tenha brindado seus fãs com uma luta de peso-fedor irá se aposentar com derrota sim, mas com um cartel de vitórias impressionante.

  4. Cleber at 1:55 pm

    Parabéns ao Pezão, parabéns ao Brasil!
    Fedor botou a cara pra bater, ele poderia ter aposentado antes mas preferiu arriscar! Grande atitude do Fedor, espírito de guerreiro!!

  5. isaias at 3:39 pm

    Sabios comentarios citados, boa referencia ao sensei Sakuraba, e um triste recordação do rickson gracie- matou galinhas mortas, fugiu o q pode dos melhores. Fedor mesmo que não volte a velha e boa forma, será inesquecivel!! Pra frente Pezão!!!

  6. Jose Neto at 6:05 pm

    Pensei que so fosse ver uma imagem dessas com uso de Photoshop. hehehe
    Parabens Pezao!!! Tu foi muito mau cara! Casca grossa mesmo.

  7. Thiago Campos at 12:37 pm

    Agora que esse mito se torna vulnerável, observamos o nome do Rickson em evidencia, vejo a carreira do Gracie no MMA sendo a mais perfeita da família, ninguém se lembra, mas qual foi o único adversário que o Sakuraba preferiu dar a oportunidade a outro correndo literalmente do desafio? se fizermos uma pesquisa minuciosa veremos que após o anuncio da sua aposentadoria, muitos desafios se intensificaram , chegando ate em entrevistas para supostamente ativar a carreira do Gracie, é muito fácil se manifestarem dessa forma só após a oficialização do termino da carreira, carreira essa imbatível, nunca nenhum Japonês ousou levar a luta pro chão, isso é fato, sem mencionar a carreira na arte suave, onde para o grande patriarca Helio Gracie, o Rickson foi o maior talento da família!

  8. yury andrade at 12:39 pm

    Fedor é um dos meus idolos nesse esporte e dificilmente vai haver algm q fiq tanto tempo no topo como ele…Rickson so fugiu de grandes desafios,saber o jiu-jitsu dele e pegar uns caras q ñ sabiam nada ate a minha vó ganhava.
    Mas fedor é um grande guerreiro q ñ foge a desafios.Parabens grande Fedor pelo seu espirito de samurai.Mesmo perto da aposentadoria,acho q vai lutar mais uma vez (eu acho) mas vai estar la no ringue,como um grande lutador
    E parabens pezão pela vitoria.Voce merece.

  9. Gabi Ferreira at 2:58 pm

    Na minha opinião, como na opinião de muitos Profissionais, o Rickson é fenomenal, apesar de alguns leigos desacreditarem nos seus adversários, porem se os seus adversários não são de alto nível, seremos forçados a alegar que o Japão só tinha galinha morta, o que não é verdade, o tal do Yoshihisa Yamamoto, pouco conhecido para os Ocidentais, porem muito respeitado no mundo Oriental, foi campeão diversas vezes na sua modalidade Pro-Wrestling , o Japão tinha os melhores profissionais das lutas agarradas, ate Rickson Gracie chegar, acho uma grande injustiça o que esses leigos fazem com o Rickson! Sou apaixonada pelo Rickson, sou apaixonada por Jiu-jitsu e agora que o Fedor abaixou a crista, deixo um recado para o mesmo: Fedor fique inteligente e venha pro Brasil (como já falou anteriormente ser seu sonho) aprender um pouco, aposto que se isso acontecer vai ser da mesma forma do louco Miller, que veio pra cá e foi finalizado por gente que nunca ouviu falar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *