Rominho e a contusão: “Desanimar jamais, já estou na pressão de novo!”

Share it

Barral sentiu dores na seletiva de janeiro, no dia 29. Foto: John Lamonica.

No Jiu-Jitsu esportivo, poucos têm um currículo igual ao de Romulo Barral. O mineiro da Gracie Barra coleciona três medalhas de prata no Mundial absoluto, dois títulos mundiais, um ouro mundial sem kimono, alguns fechamentos no topo do pódio etc etc.

Atual vice-campeão mundial meio-pesado e absoluto, o homem de currículo invejável estava desanimado. O motivo foi uma dor no joelho sentida no fim de janeiro em Las Vegas, durante a seletiva para o World Pro, em Abu Dhabi.

Mas a tristeza já passou, garante a fera, pronta para respeitar a filosofia do Jiu-Jitsu: sair de baixo, levantar e vencer.

“A gente fica triste por alguns segundos, mas desanimar nunca! Já estou ficando na pressão de novo”, disse hoje ao GRACIEMAG.com.

“A perna está bem melhor, graças a Deus. Avaliei a lesão e tive um estiramento no medial colateral. Daqui a mais alguns dias estarei 100%! E o melhor, já estou treinando!”, diz, para alívio dos seus fãs.

“Quando operei o ombro treinei com um braço só por um ano e quatro meses, então por que não treinar sem uma perna por algumas semanas, né. O lance foi que acho que voltei um pouco cedo, estava com saudade daquela adrenalina, me senti bem para matar a vontade de conferir, e aí entrei na seletiva”, prossegue.

“Aí infelizmente meu joelho estalou no começo da luta com o (Marco) Sharpei, quando ele estava na meia-guarda e eu tentei cruzar o joelho para passar. Senti a dor a luta toda, e logo depois achei que tinha arruinado a cirurgia que fiz depois do Mundial 2010… Botei gelo e decidi abandonar a competição, mas não consegui me segurar e acabei lutando a semifinal assim mesmo, apesar do nervosismo. Puxei então para a guarda cheio de dor, fiz uma vantagem e segurei até o final. Mas para fazer a final com o Kron vi que não tinha condições. Uma pena, tenho certeza de que seria uma ótima luta com ele”, elogia.

“Então a tristeza foi por pensar que seria algo grave, mas foi algo passageiro. Já estou focado nos treinamentos e muito confiante para fazer um ótimo ano. Meu objetivo principal é o Mundial 2011, vou entrar na briga no peso e absoluto, e logicamente o World Pro em Abu Dhabi, já que a organização confirmou minha presença na competição. Estou com muita vontade de competir, e assim que estiver 100% volto para fazer uma força!”, conclui Barral.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Antonio Peinado at 1:49 am

    Boa Rominho, a familia Alliance esta na torcida pela sua melhora, voce tem muita lenha ainda pra queimar nas competicoes!

    abraco

    Batista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *