“Silva nunca perdeu no UFC. Vocês sabem como isso é impossível de realizar?”

Share it

Foto: Josh Hedges.

Dana White parecia estar de alma lavada após o UFC 126, sábado em Vegas. O medo maior do presidente da organização, o de a luta entre Anderson Silva e Vitor Belfort ser em vez de um lutaço, “a pior da História”, não se concretizou.

Dever cumprido, o cartola conversou com um grupo de repórteres ao final do show, como está acostumado a fazer.

No bate-papo, relatado pelo repórter Sergio Non, do “US Today”, Dana confirmou que além do Rio de Janeiro, o UFC retorna ao Japão este ano; teceu elogios a Anderson, Jon Jones e a Shogun; e revelou o que ele mais odeia na vida.

Confira os melhores momentos de Dana White.

UFC no Japão e na Suécia:

“Além da Suécia, o UFC vai ao Japão. Está tudo indo bem quanto a isso. Está no nosso calendário deste ano.”

Anderson, o melhor do mundo

“Acho que ninguém pode rebater que o Anderson é o melhor lutador peso por peso do mundo. Dias ruins ele pode ter. Você pode ser o melhor golfista do mundo ter seus dias ruins. Você pode ser o melhor jogador de beisebol e ter um dia ruim. Mas o cara (Silva) nunca perdeu desde que chegou ao UFC. Vocês sabem como isso é impossível de realizar? É impossível!”

GSP x Anderson Silva

Campeão até 77kg, St-Pierre teria pedido nove meses para chegar na categoria de Anderson, 84kg. Dana rebateu: “Não, a luta vai acontecer (antes disso)”.

Eventos pequenos de MMA

“Alguns eventos menores fazem um trabalho legal, outros não. Não é só porque você tem um cage ou um ringue que você deve ser um promotor de lutas.”

Shogun x Jon Jones pelo cinto até 93kg

“Fiquei impressionado com a calma do Jones. Ele estava calmo, numa boa, suave. E tinha uma pressão sinistra para essa luta com Ryan Bader. Mas ele teve uma postura de campeão. Eu acho que o garoto tem todas as ferramentas para quem sabe um dia ser o melhor lutador de todos os tempos um dia. Vai ser interessante vê-lo contra Shogun, que costuma atropelar todo mundo em pé. E Shogun tem uma boa defesa de quedas.”

O que Dana White realmente odeia

“Achei que o Miguel Torres lutou bem. (…) A torcida sempre quer que os dois saiam correndo para cima do outro, mas a gente entende que os lutadores entram com uma tática traçada. O que eu odeio é quando o cara entra lá, dá um bote, bota para baixo e fica os cinco minutos deitado em cima do outro para vencer. Isso me deixa louco. Ninguém quer ver essa bosta!”

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Daniel Ribeiro at 7:56 am

    Manda o Dana White parar de comer hamburguer com bacon e acabar com essa vida de prostitutas.
    Esse cara pode ser um exemplo de empresário bem sucedido, mas é um cara que não entende nada de arte marcial e sim de business…
    Dana White tá doido pra ver o Anderson cair, como não consegue fica nesse papinho político dele…

    Bons tempos do Pride…

  2. Wellington at 9:17 am

    Antes de mais nada, três possibilidades tem essa matéria: (1) ou o Dana fala muito mal, (2) ou a tradução foi feita pelo google translator, ou (3) ou o redator não sabe escrever. Graciemag, já não é a primeira vez que isso acontecer, vocês tem potêncial, é só separar 10 minutos para ler novamente o texto ou outra pessoa revisar. “Critica construtiva” pois sou assinante da revista e acho que tenho o direito de argumentar.

    @Daniel, concordo com você … esse cara está virando o Don King senão for pior ainda.

  3. Alex at 11:35 am

    No UFC acho que deve constar no contrato que é proibido usar o jiu jitsu por mais de um minuto. A trocação é o que eles querem, nao querem ver uma técnica apurada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *