Wand não confirma luta, mas está preparado para tudo

Share it

GRACIEMAG.com visitou a academia de Wanderlei Silva em Las Vegas. Um gentleman, Wand não apenas recebeu a equipe de reportagem, mas outra dezena de fãs doidos para conhecer a fera do MMA. Entre eles, ilustres como Fredson Alves, faixa-preta da Gracie Humaitá.

Por lá, aproveitamos para perguntar sobre a luta contra Brian Stann, que já foi até anunciada para o UFC 130, no dia 28 de maio. Entretanto, o “Cachorro Louco” deixa um pouco de mistério no ar.

“Ainda não tenho 100% de certeza que vai ser esse adversário que estão falando. Talvez sim, talvez não. Se for, é luta boa, dá para fazer com ele na boa”, falou Wand na última sexta-feira.

No entanto, se o UFC mantiver o desafio, o lutador está preparado.

“Para mim não interessa com quem seja. Pelo que eu ganho, tenho que fazer contra qualquer um, é óbvio. Quero um cara de nome, que me dê uma levantada também”, completou.

Quando o UFC aterrissou no Brasil, em 1998, Wand esteve em ação contra Vitor Belfort no octagon montado em São Paulo. A vontade é de lutar novamente no país, agora no Rio de Janeiro, no evento de agosto.

“Gostaria muito de lutar no Rio e acho que seria bem legal. Vamos ver, porque não sei ainda exatamente a data que vou voltar. Dependendo, deve dar para lutar no Rio. Vai ser um evento muito legal, que chega com uma força diferente. Mostra que o MMA é outra coisa”, disse.

“Antes o pessoal tinha que se esforçar para sair uma notinha num jornal, agora o sabem fazer um negócio. Gostaria muito de participar dessa reestréia do UFC no Brasil. Lutei na estréia na Alemanha, na Austrália e lutar na primeira edição no Rio seria maravilhoso”, pede Wand.

Veja agora um pouco da fama e da academia de Silva em Vegas:

[flickr set=72157625869441571]

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *