Tá Danado: das ruas para o UFC, graças ao Jiu-Jitsu

Share it

Foto: Divulgação.

Ele mora na Alemanha, mas começou no Jiu-Jitsu no Ceará. Como mostra reportagem de Rogério Gomes no jornal cearense “O Povo”, o lutador do UFC Carlos Eduardo Rocha, o Carlos “Tá Danado”, 28 anos, é um vencedor.

Leia mais:

“Carlos é mais um brasileiro a ocupar espaço no Ultimate Fighting Championship (UFC), nos Estados Unidos. Ano passado, este paraibano estreou no UFC, um dos maiores eventos de MMA (artes marciais mistas, na sigla em inglês), no dia 13 de novembro de 2010, quando derrotou o americano Kris McCray. Agora, Tá Danado se prepara para novo desafio, no próximo sábado, frente ao americano Jake Ellenberger.

“Tá Danado nasceu em João Pessoa, mas não conheceu os pais. Passou a infância em Fortaleza, onde morou com avó e foi parar nas ruas quando ela morreu. O jovem foi assistido por Dárcio Lyra, que comanda a Escola de Jiu-Jítsu Tradicional Dárcio Lyra. No Projeto Pequeno Samurai, o lutador ganhou moradia e alimentação, além de orientação técnica, quando tinha 16 anos. ‘Devo tudo que tenho a esse projeto maravilhoso’, disse o atleta.

“A partir daí ele ganhou oportunidade de viajar para a Alemanha. Recebeu o convite de um lutador alemão para dar aulas em academia e lutar por equipe alemã em competições européias de MMA. Não deu outra. Tá Danado aceitou a proposta e já conseguiu um reconhecido cartel de nove lutas e nove vitórias. ‘O melhor é que venci todas as lutas por finalização’, acrescentou. Os bons resultados o credenciaram para chegar ao UFC.

Perfil

Nome: Carlos Eduardo Rocha

Apelido: “Tá Danado”

Nascimento: João Pessoa

Idade: 28 anos

Modalidade base: Jiu-Jitsu

Cartel: 9 lutas e 9 vitórias no MMA europeu (há 5 anos mora na Alemanha)

Estreia no UFC: 13/11/10

Números: 1.250 reais é o preço do ingresso mais caro para a noite de MMA, em Las Vegas, cujo duelo principal será Anderson Silva x Vitor Belfort.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Thales Freire at 5:07 pm

    Parabéns guerreiro!!! Trabalhou e foi muito trabalhado para isso! Deus te abençõe nesse proximo combate.
    Dárcio Lira até a morte!!

  2. malocka at 2:11 pm

    o BJJ e a principal ferramenta de inclusao social do nosso pais, vide nomes como Terere, Fin FOu, Mathias, Leu Martins, Pe de Pano, Leo e RIco vieira pessoas que hj tem um patamar de vida de qualidadde graças as oportunidades proporcionados pelo esforço junto ao BJJ.

  3. ÉrikaLee at 1:40 pm

    Parabéns ao atleta e mais ainda ao homem que esse menino se transformou….. As adversidades não são desculpas para você virar um marginal. Exemplo de homem, como muitos outros que vai, vê e vence, porque a vontade está acima de qualquer adversidade. Vi a reportagem na SportTV , Canal 38. Adorei a matéria por se tratar de um esporte que tem muitos projetos espalhados pelo Brasil que realmente funcionam, por gerenciamento de pessoas que não medem esforços para lapidar o caráter de pessoas que não tiveram um chance na vida. Parabéns! Eu acho que ele deveria vir apra o Brasil para ajudar a outros irmãos seus com o exemplo que ele é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *