Lagarto preparado para novas vitórias

Share it

Foto: Luis Azevedo

Lúcio Lagarto está radiante com a conquista da vaga na seletiva portuguesa para o World Pro, realizada em Lisboa no último dia 15. Ele derrotou Alan “Finfou” Nascimento na final do absoluto e faturou 4.000 dólares. Radicado em Londres, na Inglaterra, há uma ano em meio, Lúcio vem treinando forte com Roger Gracie e está focado na preparação para o Europeu, que acontece no próximo fim de semana.

O faixa-preta pretende fazer bonito nos Emirados Árabes, mas também quer a medalha de ouro no Mundial (IBJJF). Confira o bate-papo com a fera, que além de vencer nos tatames, passou seis meses lutando, até derrotar, um câncer no sistema linfático. “Se eu vencer o Mundial serei considerado o Lance Armstrong do Jiu-Jitsu”, brinca o campeão, referindo-se ao ciclista super campeão, que também venceu o câncer.

A entrevista foi enviada pelo colaborador Valmir Silva.

Como avalia o seu desempenho na seletiva?

Mesmo com as lesões, gostei muito. Estava com muita dor no joelho, machuquei na segunda luta do peso. Fui sentindo a dor até o fim do evento. Os nomes dos adversários não me recordo, mas todos eram fortes, tive a sorte de finalizar a maioria das lutas. A final com o Alan ‘Finfou’ foi selva, pois eu estava lutando contra ele e contra mim mesmo. Mal conseguia andar, mas Deus me iluminou mais uma vez.

Como é a vida em Londres?

Morei em Manchester durante 2 anos, no noroeste da Inglaterra, e já estou há um ano e meio em Londres. Decidi me mudar para treinar com o Roger Gracie e assim melhorar o meu Jiu-Jitsu. Foi a melhor coisa que já fiz.

Como você faz sua preparação e como é treinar com o maior campeão de todos os tempos, Roger Gracie?

Divido os meus treinos. Três vezes na semana forte e outras três vezes mais técnico e específico. Nos dias mais fracos, faço a preparação física, mas, fora isso, treino o dia inteiro dando aulas particulares. E em relação ao Roger, nossa… O cara sabe muito. A cada dia que passa aprendo mais e mais. Ele está num outro nível. Fico feliz de ter a oportunidade de aprender todos os dias. Sobre a preparação física, estou fazendo muito alongamento e ginástica natural com meu preparador Fábio Prado.

Como segue no restante do ano, disse que quer muito o título mundial?

Quero competir tudo. Meu objetivo é me jogar de cabeça no meio dos leões (risos)! O maior desafio é pegar meu visto e chegar bem no Mundial. Quero ser campeão, daí serei considerado o Lance Armstrong do Brazilian Jiu-Jitsu! Tenho certeza que serei a inspiração de muitas vidas dentro do nosso esporte.

Você já é uma inspiração por ter vencido o câncer. Qual mensagem você deixa?

Tenho muita fé em Jesus Cristo. Somente Ele pode ser nossa estrela guia. Somente Ele irá estar em todos os momentos da nossa vida. Existirão momentos de tristeza, de indecisões e de angústias, mas quando você crê nele, ele sempre mostrará o melhor caminho. Mas, claro, temos que ter muita força de vontade e dedicação, pois nada irá cair do céu.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *