Papa absolutos, Rodolfo comenta a vitória em seu “quintal”

Share it

Depois da contusão no joelho, no início de 2010, Rodolfo Vieira ficou afastado dos principais eventos, mas voltou com tudo no segundo semestre e foi bem em competições como o Rio International Open, vencedor no peso e absoluto. No início desta temporada, o garoto prodígio da GFTeam repetiu o feito, só que na seletiva para o World Pro, neste sábado, no Rio de Janeiro. Vale lembrar que Rodolfo costuma ir bem na categoria aberta desde a faixa-azul. Venceu no Brasileiro de azul e roxa, e no Mundial de marrom.

Classificado para Abu Dhabi, o faixa-preta agora espera seguir vencendo nas duas categorias, e que venha o Pan!

Rodolfo em foto de Gustavo Aragão.

Como foi a participação no evento?

No peso não tive vida fácil. Venci o João Gabriel por 6 a 2 na primeira luta; na segunda, contra o Alexandre de Souza, derrubei duas vezes e passei a guarda; na semifinal, contra o Português, fiz duas vantagens; e na final, contra o Moreno (Diogo Sampaio, assista à luta logo abaixo), fiz uns 20 a 0 e finalizei com o estrangulamento da montada. Só finalizei na final da categoria. No absoluto foram mais quatro lutas.

Você é de Campo Grande, onde ocorreu o evento. Como foi poder lutar, literalmente, em casa?

Dessa vez lutei no quintal de casa e estava nervoso para caramba! O meu primeiro campeonato de Jiu-Jitsu foi aqui, em 2005, no meu primeiro contato com competições. Depois disso, só agora aconteceu um evento grande por aqui. Graças a Deus deu tudo certo e consegui ser campeão. A torcida estava inflamada e não decepcionei ninguém!

Qual o próximo grande evento agora?

Vou para o Pan tentar ser campeão peso e absoluto também e, depois, direto para o World Pro.

Essa caça pelo peso e absoluto segue em Abu Dhabi? Em 2009, você optou por só lutar o peso…

Vou manter o ritmo de treino. Se não tiver nenhuma lesão, vou chegar muito bem. Em 2009, não sei nem como consegui ganhar. Estava com a costela machucada, fui só para passear e acabei campeão, mas não pude lutar o absoluto. Ano passado, me machuquei novamente e não deu para lutar nada. Este ano promete e, se Deus me ajudar, vou treinar bastante para ser campeão no peso e absoluto também.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. miltinho at 1:53 am

    AI RODOLFO VOCÊ MANDOU MUITO BEM!!!FEIO FOI PRA ESSE DIOGO AI,QUE LEVOU UM ATROPELO E DEPOIS NAO CUMPRIMENTOU COM ESPORTIVIDADE..PARABÉNS CASCA GROSSA!!

  2. isaias at 2:55 pm

    Quem não cumprimenta, merece eh tomar multa ou receber alguma punição isso sim! o mal exemplo fica para os menores, mais imaturos emocionalmente, etc O judo tem formalidades até d+, mas há muito respeito ensinado desde berço, quando em quando aparece um polemico como o técnico de Cuba rss mas no JJ esportivo, seria legal se houvesse um pouco de formalidade/ respeito perdendo ou ganhando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *