Um dia histórico com Rickson, Royler e Canto

Share it

Dojô lotado. Foto: Monk Sports.

Três grandes representantes da luta no Brasil, os campeões de Jiu-Jitsu e MMA Rickson e Royler Gracie, ao lado do medalhista olímpico de judô e também faixa-preta de Jiu-Jitsu Flávio Canto, ministraram, nesta quarta-feira, no ginásio da Fortaleza de São João, na Urca, um seminário em prol das vítimas da chuva na Região Serrana do Rio de Janeiro.

O evento, produzido em poucos dias pelo pessoal da Monk Sports, com grande ajuda dos faixas-pretas Marcelo Tetel e Rodrigo Antunes, arrecadou quase 6 toneladas de alimentos doados por pouco mais de 800 participantes. A ação também contou com o apoio do Exército brasileiro; da CBJJ, que cedeu os tatames e alimentos; e da Vulkan, que doou vários kimonos para serem leiloados, entre outros.

Praticantes da faixa-branca a preta lotaram as dependências. Entre eles, figuras desconhecidas, simplesmente amantes do esporte, e feras consagradas como Ricardo De La Riva, Kyra Gracie e Letícia Ribeiro, entre tantos outros, o que é possível conferir na galeria de fotos.

[flickr set=72157625867338364]

No palco montado diante das centenas de participantes, Canto mostrou posições de técnica avançada, Royler priorizou a defesa pessoal, enquanto Rickson brindou a todos com uma verdadeira palestra em que comentou pontos fundamentais do Jiu-Jitsu, seja na parte técnica ou na filosofia da arte, o chamado “Jiu-Jitsu invisível”.

Para Luis, faixa-marrom da Gracie Humaitá Petrópolis, por exemplo, foi mais que inesquecível. O lutador teve o prazer de sentir na pele as técnicas de Rickson, chamado pelo Gracie na demonstração das posições. “Cara, foi um prazer enorme. Jamais poderia imaginar que um dia praticaria com Rickson!”.

Muito mais que isso, o evento comprovou a força do Jiu-Jitsu num momento tão delicado, e que essa solidariedade sirva de exemplo, se expandindo a todos os esportes. GRACIEMAG apoia!

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Sidivaldo Costa at 12:26 am

    Isso sim que é o verdadeiro sentido do caminho do guerreiro (Bushido), ao proximo fazei com o prazer de ve-lo verdadeiramente feliz. Ossu !

  2. Yan McCane at 9:38 am

    Grande oportunidade para a comunidade do jiu-jitsu mostrar q o q fazemos não é violencia e sim arte… e q quando nos mobilizamos conseguimos ajudar muitos e muito além dos tatames!!!! Parabens aos organizadores!! Oooossss

  3. little at 12:00 pm

    Ótimo ver nas fotos que muitos mestres consagrados e diversas personalidades do mundo das lutas estiveram presentes. Show! Parabéns ao Jiu!

  4. Adriano at 4:04 pm

    Esse seminário foi uma ótima iniciativa de usar o nossa arte para um benefício maior o de ajudar a quem muito precisa, sei disso pois sou de Teresópolis.
    No entanto um representante da mídia de nossa cidade, foi registrar esse momento ímpar, para os praticantes da arte suave de nossa cidade, que com certeza estão muito orgulhosos, mas foi impedido de registrar e consequentemente mostrar aos cidadãos teresopolitanos e de todo brasil, como o jiu-jitsu é forte e altruísta.
    O que me deixa com dúvida se nossos ícones do jiu-jitsu, usaram a arte para promover a solidariedade ou se usaram a solidariedade (dos praticantes) para se promoverem.
    Fica a minha dúvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *