Thiago Silva explica provocações contra Vera: “Antes ele dizia que ia me bater”

Share it

Foto: Josh Hedges.

Afastado do octagon há um ano, depois de ter sido derrotado pela pedreira Rashad Evans, Thigo Silva foi com tudo para cima de Brandon Vera neste sábado, no UFC 125, em Las Vegas.

Na vitória por decisão unânime, não faltaram provocações por parte do lutador brasileiro. Na coletiva após o evento, Thiago explicou:

“O Brandon Vera estava dizendo nas entrevistas que ia me bater, que ia fazer isso e aquilo. Apenas disse para ele tentar me bater”, diz.

Em dado momento, no terceiro round, Thiago ficou nas costas de Vera, de onde aplicou alguns tapas.

“Dei uns tapas nele só para tirá-lo do foco e buscar a finalização”, explica.

Sobre a luta, Silva acredita ter feito uma boa apresentação, embora ainda possa evoluir.

“Treinei bastante para essa luta. Para quem estava um ano afastado, acho que foi uma apresentação boa, mas estou aqui para poder melhorar também. Posso melhorar.”

A respeito do futuro na organização, está pronto para o que der e vier.

“Não estou aqui para escolher adversário. Isto não é uma decisão minha, é do UFC, mas estou aqui para lutar contra os melhores”, encerra.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *