Maynard, o homem das decisões leva perigo ao cinturão de Edgar

Share it

Gray Maynard em foto de Josh Hedges.

Com 12 lutas no cartel invicto, Gray Maynard é o desafiante de Frankie Edgar pelo cinturão de leves do UFC, no dia 2 de janeiro, evento que dá início à temporada da organização em 2011. Inusitado, entretanto, é o número de vitórias por decisão do desafiante, oito. Mas isso não quer dizer que não seja um lutador perigoso.

“Acredito que as pessoas que falam sobre as decisões o tempo todo, rotulando esse cara de porcaria porque ele vence por decisão, estão sendo rudes, porque o diferencial está ficando muito estreito entre os tops. Todo mundo sabe Jiu-Jitsu agora, por exemplo, e serão as pequenas coisas que vão ganhar grandes lutas por uma margem estreita”, diz o desafiante ao site do UFC. Ele lembra de Georges St. Pierre como exemplo.

“Ele está fazendo um ótimo trabalho e está no auge de seu jogo. Agora todo mundo está completo, todo mundo é duro, e todo mundo é muito bem pago, de maneira que possam treinar da melhor forma possível, e o esporte está evoluindo”.

Vale lembrar que Gray é o responsável pela única derrota no cartel de Edgar, em 2008, o que coloca em risco o atual campeão.

“Eu terminei com a mão quebrada naquela luta e tive um ferimento feio no olho. Ele é um garoto forte e foi uma luta dura. Elas (as lutas) são sempre boas se você tiver um bom adversário”, fala a pedreira, que também conta a fórmula para vencer novamente.

“Não olhar para o cinturão, o que vai acontecer se perder, o que vai acontecer se ganhar. Basta concentrar-se no hoje e no que tenho que cuidar hoje, e isso vai faz pensar, ‘hey, eu tenho que estar preparado para o agora'”, encerra.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *