Jornais do Rio dão destaque ao Jiu-Jitsu contra bullying

Share it

Reprodução dos jornais "O Dia" e "Marca.BR".

Duas das maiores publicações da imprensa carioca deram destaque à arte suave, os jornais “O Dia” e “Marca.BR”.

Nas páginas, o trabalho feito pelos Valente Brothers, nossos GMAs na Gracie Miami. Os lutadores apresentam o programa “anti-bullying”, um sucesso nos EUA, país que sofre com a violência entre alunos nas escolas.

Através do Jiu-Jitsu, os jovens ganham confiança e aprendem a se defender em situações extremas, além de aumentar as possibilidades de socialização, tudo isso aliado a uma atividade esportiva.

As publicações cariocas têm dado importante destaque às lutas. Todos os sábados, por exemplo, sai no “Marva.BR” a coluna do faixa-preta bi-campeão mundial de Jiu-Jitsu Amaury Bitetti, escrita com a ajuda do repórter do GRACIEMAG.com Carlos Eduardo Ozório.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. isaias at 6:36 pm

    Boa recomendação!!! sempre acompanhei o trabalho do filhos do sensei Rorion na California, uma campanha para ensinar crianças a se defenderem com psicologia e JJ. Há muitos depoimentos positivos! No entanto, esse tipo de trabalho não parace ser muito efetivo com adolescentes, do mesmo modo que não vemos “super nanies” para adolescentes. O trabalho do pais eh muito serio!

  2. max at 9:29 pm

    a arte marcial sempre trouxe benificio para a alta-estima de seu praticante, isso cria pessoas mais confiantes e preparadas pra lidar com situações constragedoras no dia a dia, aonde ensina a criança a não se render diante de alunos mais pervesos. Sou pai, e se existe crianças pressionando meu filho a ser menos que eles, desejo sim que meu filho coloque em pratica aquilo que aprende no tatame, que é respeito, confiança em si, e em situações de extrema violencia, que use sim da defesa pessoal, ou quem ai gostaria que seu filho desse a cara pra um bando de mulekes mau criados baterem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *