Minotauro bem após cirurgia

Share it

Minotauro. Foto: Josh Hedges

Quem lê a revista GRACIEMAG já sabia todos os passos de Rodrigo Minotauro para voltar ao octagon. Como comentou na edição #165, Minota teve de tratar de um problema no joelho para depois cuidar da lesão nos quadris, semelhante à que sofreu o tenista Gustavo Kuerten, no labrum acetabular, região em que a cabeça do fêmur encaixa no quadril.

Confirmando o que adiantou na reportagem, o faixa-preta operou na semana passada, nos Estados Unidos, com o mesmo médico que tratou Georges St.Pierre e muitos outros astros do esporte. Está tudo OK, como confirma seu assessor, Fernando Flores.

Ele volta em cinco a seis meses” Fernando Flores

Confira agora no GRACIEMAG.com a reprodução das declarações de Minota sobre a lesão, a primeira vez que falou tão abertamente sobre o assunto:

“Tenho problemas no ligamento cruzado anterior do joelho e no quadril. É na ponta do quadril, por degeneração. Forma um pouco de calcificação dos dois lados e, quando faço muita movimentação com as pernas, sinto arranhar.”

“No caso do Gustavo Kuerten, parece que ele demorou muito a operar e isso agravou bastante. No meu caso está menos avançado.”

Minota nas sessões de fisioterapia. Foto:divulgação.

“Operei primeiro o joelho, uma coisa que a recuperação demora mais. O quadril demora um pouco menos, então, operando ele depois, posso recuperar os dois problemas ao mesmo tempo.”

“Comecei a sentir o quadril quando me preparava para uma luta antiga contra o Fedor. O Murilo Bustamante, que me treinava na época, dizia: ‘Por que está repondo a guarda dessa maneira, perdeu a flexibilidade?’. Já sabia que tinha uma lesão e me tratava. Faço fisioterapia para isso há anos. Mas chegou ao extremo de ter que operar. O que incomoda são os movimentos de perna, na hora de fazer guarda. Isso é uma das coisas que mais me preocupa.”

“Quando enfrentei o Randy Couture senti muito isso, mas vinha treinando muito na piscina, com ginástica natural e alongamentos. Ainda não era um caso cirúrgico, mas depois fui a seis especialistas e todos mandaram operar. Um deles, o mais conceituado, disse: ‘Rodrigo, se você lutar assim contra o Frank Mir, vai ter apenas 50% das suas condições’. Saí da luta do Anderson Silva contra o Sonnen, fui fazer preparação física e não conseguia andar. Doeu para caramba.”

Ainda posso e vou provar isso” Minotauro

Depois de tudo isso o fã deve se perguntar por que um lutador tão consagrado, que não tem mais nada a provar, insiste em lutar. Minota responde:

“Gosto de que eu Faço. Treino muito bem contra outros caras que são top. Se estivesse tomando sempre prejuízo, mas tenho me saído bem. Isso faz pensar que ainda posso e vou provar isso.”

Você duvida de alguém que se recuperou após ser atropelado por um caminhão, quando criança?

Para saber antes, leia o GRACIEMAG.com e assine a revista GRACIEMAG clicando aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Toni Carvalho at 6:54 pm

    Força Minota!!
    Todo mundo sempre espera que um atleta de ponta encerre a carreira enquanto ainda pode dar show, e isso eu acredito que você ainda pode fazer, não me refiro a cinturão, mas não podemos descartar, quem sabe? Tô dizendo tudo isso aqui e o Minota nem vai ler, mas… rsrsrs
    Show eu tenho certeza que ele ainda pode dar, ganhando ou perdendo. Já disse aqui, Rodrigo Minotauro se encaixa como ninguém na palavra guerreiro!! osss!

  2. ricardo at 3:51 am

    Sou aluno da Lotus club jiu jitsu,represento o time de Giva Santana,Mestre Moises Murad, Mestre Raul, familia Lotus deseja total recuperação para este Guerreiro brasileiro Rodrigo Minotauro, força Samurai….osssssssssss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *