Recuperado, Abi-Rihan quer o Mundial de Jiu-Jitsu

Share it

Abi-Rihan venceu André Marola numa das poucas lutas em 2010. Foto: flashsport.com.br

Raphael Abi-Rihan teve um ano longe dos principais eventos. Uma lesão no joelho impossibilitou o faixa-preta da Carlson Gracie. No entanto, na visão do lutador, não quer dizer que foi uma temporada improdutiva. Pelo contrário. Saiba por que no bate-papo com o GRACIEMAG.com:

Pretende lutar mais em 2011?

Competição não é nunca o meu foco principal. Competir para mim é lazer. Neste ano recuperei o meu joelho, mas, mesmo assim, competi em duas oportunidades e venci. Não estive nos grandes eventos, mas em 2011 quero aparecer mais.

E o que você tem em mente?

Tem uma grande possibilidade de lutar o Mundial e queria muito voltar a lutar sem kimono, o que não faço há sete anos. Não posso participar de todos os eventos internacionais, porque tenho muito trabalho aqui no Brasil. Mas o Mundial já é uma coisa planejada. Além disso, pode aparecer mais coisas. Treinado, sempre estou.

Festa de graduação na academia de Raphael.

Você teve que cuidar das lesões durante o ano. Isso te frustrou muito?

Não, porque pude cuidar da minha equipe e da competição que organizo no Rio, a Copa América. Fiz recentemente a festa de graduação na minha academia (Família Abi-Rihan), no clube Monte Líbano. Foram, da faixa-amarela a preta, um total de 20 graduações, numa festa muito emocionante.

Falando na Copa América, como foi a competição neste ano?

Estou muito orgulhoso e realizado. Montei um staff com 50 pessoas que literalmente suaram o uniforme para fazer no ginásio do América, no dia 4 dezembro, uma das melhores competições amistosas que já vi. Conseguimos manter a qualidade do evento e o volume de atletas esperado, mesmo com todos os problemas que passamos na nossa cidade no final de semana anterior e o calor de 35 graus.

Segue abaixo os destaques da Copa América 2010:

Antonio foi um dos destaques na Copa América. Foto: Flashsport.com.br.

Vencedores dos absolutos:

Faixa-azul: Carlos Serpa (Nova União).

Faixa-roxa: Gustavo José (Gracie Humaitá).

Faixa-marrom: Os amigos João Gabriel Rocha (Soul Fighter) e Leonardo Saggioro (BTT Juiz de Fora) fecharam.

Faixa-preta master: Antônio Borges (Carlson/Abi-Rihan).

Colocação geral: Carlson Gracie, Nova União, Beija-flor, BTT e Brasa.

Destaque: O lutador de MMA e muay thai Vitor Miranda venceu com muita calma suas 3 lutas no pesadíssimo da faixa-azul.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *