Inter de Milão e zebra do Congo dividem atenções com Asian Cup em Abu Dhabi

Share it

Não é só o futebol que levanta Abu Dhabi neste fim de ano. Foto: Divulgação.

Na mesma semana que começava o Mundial Interclubes da Fifa, realizou-se nas depedências do Abu Dhabi Combat Club mais uma edição do Asian Super Cup, desta vez tendo embates também sem kimono como previsto para o próximo World Pro em abril.

O futebol então acabou dividindo espaço na televisão com a transmissão ao vivo do torneio de Jiu-Jitsu.

Além dos atletas da capital Abu Dhabi, a copa contou com lutadores que treinam em Dubai, como da academia Emirates JJ Center comandada pelo faixa-preta Rafael Haubert, e de outros países da região. Equipes da Jordânia, Marrocos, Bahreim, Kuwait, Omã e Arábia Saudita mostraram sua técnica no torneio e trouxe equilibrio de forças para o Jiu-Jitsu no Oriente Médio.

Nas faixas marrom e preta, supremacia dos brasileiros do Emirates Team que decidiram em casa todas categorias. Destacando-se Edmilson Conceição, Oscar Junior, Michel Maia, Samuel Herzog e Fernando Cosendey.

Nas faixas branca e azul, Wessam Mutie (Jordânia) fez 26 lutas nos dois dias e faturou duas medalhas de ouro e duas de prata. Outro destaque da Jordânia foi o jovem Abdullah Nabas, que impressionou a todos pela raça ao enfrentar atletas bem maiores no absoluto, além do local Ali Salem, que exibiu ótimas quedas.

Na roxa, aplauosos para os atletas de Abu Dhabi Taileb Rumait, Mohamad Nasser, Faisal Fahad Al Qitbi, e para o palestino Gabriel Tayeh e o jordaniano Haider Hashem. Tayeh, meu sobrinho, acabara de lutar MMA na Jordânia e voltou a se dar bem.

Confira, abaixo, parte da transmissão da Abu Dhabi Sport TV com a luta final do absoluto azul entre o jordaniano Abdallah Nabas (68kg) e o marroquino Abdallah Alaooi (110kg), faixa-preta de judô e campeão africano.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. BJJ at 10:47 am

    BOA! APLAUSOS PARA UMA EQUIPE DE JIUJITSU QUE EM SUA PAGINA DA INTERNET NÃO SE APRESENTA COMO BRASILIAN JIUJITSU E SIM COMO EMIRATES JIUJITSU, NÃO FALA SOBRE QUEM SÃO SEUS PROFESSORES DE JIUJITSU, E OS CAMPEONATOS SÃO DE JIUJITSU E NÃO DE BRAZILIAN JIUJITSU.

  2. little at 11:11 am

    Caraca BJJ, que drama. Vc por acaso fala “hoje vou treinar um judô japonês”? Parabés a eles, que dão mais valor ao jiu que a maioria dos brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *