Shooto Brasil fecha o ano com mais um cinturão

Share it

Eduardo Dantas finalizou bonito. Fotos: Carlos Ozório.

André Pederneiras, presidente do Shooto na América do Sul, fechou o ano com a 20ª edição da organização no Brasil. E, nos seis combates da noite, teve direito a disputa de cinturão e ex-atleta do UFC.

Na disputa do cinturão 52kg, que valia também como final do GP da categoria, quem levou a melhor foi Lincoln de Sá, em vitória por decisão unânime sobre Maicon Willian. Sá levou a pior no primeiro round, mas venceu as duas parciais seguintes. Aplicou boas quedas e trabalhou bem por cima, principalmente na meia-guarda. Maicon arriscava a todo instante a chave de calcanhar, mas não foi o suficiente.

Lincoln de Sá comemora.

Ex-lutador do UFC, Antonio Samuray foi bem na trocação. Acertou bons chutes, joelhadas de encontro e só levou perigo de Amenilson Negão quando quedado. Depois de dois rounds, Samuray viu o adversário desistir no intervalo para a terceira parcial.

Quem deveria defender o cinturão de plumas era Dudu Dantas. No entanto, o adversário Carlos Betão acabou se contundindo na semana do evento. Sendo assim, o substituto foi Samuel de Sousa. Dudu partiu com tudo para cima e puxou para a guarda, de onde encaixou o armlock e finalizou em apenas 20s de luta.

Samuray chutou bonito.

Leandro Sete Bala vinha levando trabalho de Reveilis Barcellos, que aplicava boas quedas. No terceiro assalto, Sete Bala conseguiu quedar, montou e pegou as costas para finalizar com um estrangulamento. Em outras luta, Jeferson acertou um bom soco em Francisco D´Branco para depois derrubar, montar e chegar ao nocaute com socos. Leandro Batata acertou bons golpes na trocação e quedou diversas vezes para garantir a vitória por decisão unânime sobre Edivaldo Oliveira.

Confira os resultados:

Shooto Brasil 20
Dia 11 de dezembro de 2011
Rio de Janeiro, Brasil

Eduardo Dantas (Nova União) finalizou Samuel de Sousa com um armlock no R1
Leandro Batata (Nova União) venceu Edivaldo Oliveira por decisão unânime
Lincoln de Sá (Art Combat) venceu Maicon Willian (Nocaute) por decisão unânime
Leandro Sete Bala (Nova União) finalizou Reveilis Barcellos (Peterson Mello) com um estrangulamento das costas no R3
Antonio Samuray venceu Emenilson Negão (Nova União) por TKo (desistência do R2 para o R3
Jeferson (RVT) venceu Francisco D´Branco (Beto Padilha) por TKO no R1

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *