UFC 124: GSP mantém cinturão em noite de Pitbull e Cachorrão

Share it

Aconteceu neste sábado, em Montreal, o UFC 124. Na principal luta da noite, Georges St.Pierre defendeu com sucesso o cinturão de meio-médios contra Josh Koscheck, mas muitas outras lutas do card foram boas.

Confira os resultados e análises dos principais combates:

Georges St. Pierre x Josh Koscheck

St. Pierre dominou amplamente o combate. Ainda no round inicial, já havia castigado bastante Josh Koscheck, que ficou com o olho direito bem inchado. GSP seguiu variando muito bem com jabs certeiros e chutes. Quando possível, também aplicou boas quedas em Josh. No intervalo do terceiro round, o médico quis parar o combate, mas Koscheck pediu para prosseguir. A luta seguiu com domínio do canadense que, com a decisão unânime da arbitragem, defendeu mais uma vez com êxito o cinturão de meio-médios e chegou à oitava vitória seguida.

Sean McCorkle x Stefan Struve

McCorkle começou melhor: quedou e incomodou com uma chave kimura. Mas Stefan Struve escapou do golpe e fez valer o favoritismo. O holandês raspou, montou e socou até o árbitro intervir, ainda no assalto inicial.

Jim Miller x Charles “do Bronx” Oliveira

Charles começou bem, com bons chutes, mas Jim Miller logo quedou. Ao chão, Miller mostrou o valor da sua faixa-preta de Jiu-Jitsu. Defendeu diversos ataques e definiu com uma leglock a 1min59s do primeiro assalto. O resultado acabou com a invencibilidade do Bronx, que durava 14 lutas. Já Miller chegou à sexta vitória seguida, rumo ao cinturão de leves.

Mac Danzig x Joe Stevenson

A luta vinha equilibrada, até com certa vantagem para Joe Stevenson. Entretanto, Mac Danzig acertou um forte golpe de esquerda que derrubou Stevenson de bruços. Alguns socos depois, só restou ao árbitro intervir, ainda no assalto inicial.

Thiago “Pitbull” Alves x John Howard

Pitbull dominou toda a luta contra Howard, tendo conectado diversos socos, boas joelhadas e chutes nas pernas. No segundo round, o representante da American Top Team abriu vantagem com uma queda que levantou o adversário e a torcida em Montreal. Por fim, um knockdown na tercaira parcial confirmou a vitória, por decisão unânime. Bom para o brasileiro, que vinha de dois resultados negativos.

Cachorrão bateu T.J. Grant. Foto: Josh Hedges.

Nas lutas preliminares, Ricardo Almeida, o Cachorrão, voltou a vencer contra T.J. Grant. O faixa-preta de Jiu-Jitsu conseguiu aplicar boas quedas nos três rounds e conquistou posições de vantagem, como a montada. O desempenho valeu a decisão unânime a seu favor. Já o companheiro de equipe de Cachorrão Rafael Sapo e o oponente Jesse Bongfeldt empataram. Mark Bocek não precisou de muito tempo para bater Dustin Hazelett. Com um triângulo, finalizou em apenas 2min33s.

Confira os resultados:

UFC 124
Montreal, Canadá
Dia 11 de dezembro de 2010

Georges St-Pierre venceu Josh Koscheck por decisão unânime
Stefan Struve venceu Sean McCorkle por TKO aos 3min55s do R1
Jim Miller finalizou Charles Oliveira com uma leglock a 1min59s do R1
Mac Danzig venceu Joe Stevenson por TKO a 1min54 do R1
Thiago Alves venceu John Howard por decisão unânime
Dan Miller venceu Joe Doerksen por decisão dividida
Mark Bocek venceu Dustin Hazelett com um triângulo aos 2min33s do R1
Sean Pierson venceu Matthew Riddle por decisão unânime
Jesse Bongfeldt e Rafael Natal empataram
Ricardo Almeida venceu T.J. Grant por decisão unânime
John Makdessi venceu Pat Audinwood por decisão unânime

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Marcelo Dunlop at 10:51 pm

    Georges St-Pierre
    Sean McCorkle
    Charles Oliveira
    Mac Danzig
    Thiago Alves
    Dustin Hazelett
    Joe Doerksen
    Matthew Riddle
    Rafael Natal
    Ricardo Almeida
    John Makdessi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *