Werdum: “Se o Fedor me deu a chance, por que não daria a ele agora?”

Share it

Werdum usa o triângulo contra Fedor: Foto: Mike Colón

De volta da série de seminários que fez pela Europa, Ásia e Oriente Médio, Fabrício Werdum ainda não sabe quando vai estar de volta aos cages. O faixa-preta conta que as possibilidades estão na mesa, mas quer ser valorizado. 

“Derrotei o Fedor na última luta. Depois disso, passei a ser bem mais reconhecido. O Strikeforce quer muito que eu enfrente o Alistair Overeem. Luto, mas acho que agora devo ser mais valorizado, é assim no MMA. Também querem a revanche contra o Fedor. Se o Fedor me deu a chance, por que não daria a ele agora? Acho justo. Pagando, não tem problema nenhum”, comenta. 

Além disso, o lutador não descarta oportunidades fora do Strikeforce. Emirados Árabes e Japão podem ser novos destinos. 

“Meu contrato não é de exclusividade, posso lutar fora dos Estados Unidos em outros eventos e estou cheio de propostas. Posso lutar em Abu Dhabi. Também estive no Japão e é outro mercado que tem interesse. Posso lutar lá também”, encerra.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *