Campeão mundial sem kimono aprende com Velasquez

Share it

Velasquez e Durinho. Foto: arquivo pessoal.

O niteroiense Gilbert “Durinho” Burns não para. Depois de vencer o peso médio do Mundial Sem Kimono em final eletrizante com Tiago Alves, num peso que ainda tinha Lucas Leite e Victor Estima, o faixa-preta da Atos segue atrás de novas aventuras. E, na última, Durinho acabou encontrando Cain Velasquez, atual campeão dos pesados do UFC.

“Estava com alguns seminários agendados aqui na Cidade do México, em uma das filiais da Top Brother. Fico aqui até o dia 28 de novembro. Acabei dando umas aulas particulares para o Mario Delgado, faixa-preta do Renzo Gracie. Ele me convidou para o seminário do Cain Velasquez, que aconteceu ontem, terça-feira”, conta Durinho.

“Foi muito produtivo, o Cain é sinistro! Ele tem o wrestling muito bom, com muitos detalhes, e deu para aprender bastante. Ele mostrou bons movimentos do single-leg e do clinche, onde, por sinal, ele trabalha muito bem”, comenta.

Não é de hoje que Durinho admira o atual peso pesado número 1 do Ultimate. Entretanto, não escondeu a preferência no combate da fera contra o brasileiro Junior Cigano, quando vai defender pela primeira vez o cinturão.

“No final foi engraçado, eu estava dando uma entrevista para o jornal local e me perguntaram como eu achava que terminaria a luta entre Cigano e Velasquez. O pessoal ficou meio bravo, mas sou Cigano (risos)! Vai ser uma guerra porque o Cain é sinistro, deu para ver, e de perto”, diz.

“Fiquei amarradão de aprender um pouco com ele. Eu comecei a reparar nele quando lutou contra o Cheik Kongo. Já o achei excelente. Depois que ele ganhou do Minota, não tem mais o que falar”, encerrou.

Galera reunida na academia do nosso GMA Mario Delgado. Foto: Arquivo Pessoal.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *