Durinho explica o porquê de tantas finalizações

Share it

Durinho em ação no Mundial 2010. Foto: John Lamonica.

Gilbert Durinho teve ótima participação no Mundial Sem kimono, na Califórnia, no sábado passado. Além de finalizar em três das quatro lutas no peso médio, ainda bateu pedreiras como Eduardo Milioli e Caio Terra no absoluto, antes de ser freado por Marcus Bochecha.  

Estou na caça dos grandes títulos. O Mundial Sem kimono e o World Pro já vieram, agora quero o Mundial de kimono e o ADCC” Durinho 

Confira o papo da fera da Atos com o GRACIEMAG.com: 

Conte como foi a campanha no Mundial…
 
Na primeira luta finalizei o Wallace Castro com um mata-leão. Depois, ganhei do Thiago Abreu com uma queda. Na semifinal, finalizei o Lucas Leite com um armlock e, na decisão, mantive o ritmo. Depois de raspar o campeão brasileiro sem kimono Tiago Alves, finalizei com uma guilhotina. Também lutei o absoluto. Venci o Milioli por 8 a 0 (duas pegadas de costas) e o Caio com 2 a 2 nos pontos e  1 nas vantagens. Mas no absoluto parei nas quartas-de-final, derrotado pelo Bochecha. 

No peso, você se destacou pelas finalizações contra adversários duríssimos. Houve uma preparação especial para isso?    

Estava no Japão, sem o acompanhamento do meu preparador físico, do Ramon Lemos puxando o treinamento, de toda a galera… Então, fiquei preocupado em acabar logo com as lutas, para não faltar gasolina no final. Não tinha a certeza que tenho nas outras competições, se o gás ia acabar, e caí para dentro. Fiz quatro lutas e, graças a Deus, consegui finalizar em três. O treino no Japão foi muito bom, mas treinei com muitos atletas menos graduados e talvez isso tenha até me ajudado. Treinava chegando bastante nas finalizações. 

Durinho no pódio com Tiago Alves, Victor Estima e Lucas Leite. Foto: Arquivo Pessoal.

Quais são seus objetivos em 2011? 

Já foi o World Pro e o Sem kimono. Agora esse Mundial tem que sair. O ADCC é outro sonho também e depois desse título sem kimono fiquei mais empolgado ainda. Mas vou lutar tudo no ano que vem. Quero ser campeão europeu, do Pan, Brasileiro… Meu foco em 2011 é vencer todos os campeonatos.   

Quero estrear no MMA também” Durinho

Além disso, há outro projeto em mente? 

Primeiro o Mundial. No último fiquei em terceiro, mas perdi por uma vantagem contra o Michael Langhi, num detalhe. Acho que cometi muitos erros nessa luta, mas continuei o treinamento e procurei evoluir. Essa experiência de viajar bastante, pegar treinos diferentes e depois voltar à Atos em Rio Claro  está fazendo eu evoluir bastante. Quero estrear no MMA também, mas antes disso tem que sair esse Mundial. 

Gostaria de comentar mais algo? 

Estou muito feliz com muita coisa. A minha namorada, a Bruna Nascimento, que treina na Top Brother, foi campeã brasileira sem kimono. Além disso, meu irmão, Herbert, também venceu no Brasileiro No-Gi, na faixa-marrom. A molecada da Atos está arrebentando, o Denílson Bischiliari carimbou o passaporte para Abu Dhabi e o Ronaldo Candido foi campeão no peso 64kg na Seletiva para o World Pro.

Ler matéria completa Read more
There are 8 comments for this article
  1. Joao at 1:18 pm

    ALLIANCE, comenta com seu nome seu baba ovo do Langhi..
    A questao e’, VOCE ganha de quem??
    escreve com seu nome seu puxa saco oficial
    e sem kimono oque o michael langhi ja ganhou??? NADA… so faz guarda aranha.. tirou pano fica mais perdido impossivel!

Deixe uma resposta para Joao Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *