Buiú viaja para o Mundial para comprovar boa fase sem kimono

Share it

Buiú virou a luta contra Murilo Santana com uma pegada de costas. A dupla pode se reencontrar no Mundial. Foto: Carlos Ozório.

É meio-dia no bairro do Cosme Velho, no Rio, e o trânsito já está engarrafado. No meio dos carros, o campeão brasileiro sem kimono está de cuecas.

Trata-se de Kléber “Buiú” Paulino, que nas horas vagas curte uma de modelo e tem fotos estampadas em diversos ônibus da cidade, inclusive de cuecas.

Mas a carreira como professor e lutador é o verdadeiro prazer do faixa-preta da Gracie Barra, e por isso ele está embarcando amanhã para o Mundial Sem Kimono, a ser realizado em Long Beach, Califórnia, no dia 7.

“Vou de meio-pesado novamente, como no Brasileiro Sem Kimono do último fim de semana. Deve rolar um reencontro com o Murilo Santana, com quem fiz a final no Tijuca. E ainda tem Pablo Popovitch, Marcello Salazar… Vamos lá com tudo”, conta Buiú, que também venceu o Rio Open, de kimono, este ano.

“Meu jogo acredito que favorece ainda mais o Jiu-Jitsu sem kimono, pois eu gosto de explodir e ir para cima, derrubar o oponente e atacar por cima. Graças a Deus tem dado certo de kimono também, mas sem kimono, pelo meu gás, fico buscando até o último minuto e a luta fica solta”, explica.

Confira a cobertura completa do Mundial Sem Kimono aqui, no GRACIEMAG.com.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *