O dia de decisões no Brasileiro Sem Kimono

Share it

Victor Costa finaliza na final do absoluto. Foto: Carlos Ozório

Na véspera das eleições presidenciais, o Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, foi palco na definição dos novos líderes do Brasil, mas no Jiu-Jitsu sem kimono. Exatamente às 18h, começaram as finais do Campeonato Brasileiro 2010.

Um dos  grandes destaques do dia, o empresário Victor Costa (CheckMat), que comanda a Koral Kimonos, mostrou que também está com o chão afiado. Depois de vencer por pontos a primeira luta do peso superpesado, preferiu não fazer a final contra Antonio Peinado (Alliance), que vencera a primeira luta com um mata-leão e ficou como campeão. O motivo de Victor não lutar a decisão foi por priorizar o absoluto, onde disputaria o ouro contra Nilson Ricardo (Nova União). Na categoria aberta, o faixa-preta venceu a primeira por pontos, finalizou a seguinte com um katagatame e bateu na semifinal Theodoro Canal (GFTeam) na decisão dos árbitros. Na disputa do ouro, finalizou rapidamente Nilson Ricardo com um mata-leão.

Peinado não precisou fazer a final com Victor Costa. Foto: Carlos Ozório

No pesadíssimo o melhor foi Luiz Big Mac (Godoi). Big passou a primeira por WO e finalizou o segundo adversário com uma chave kimura para encontrar com Igor Silva (GFTeam) na decisão. Nesta, o paulista usou a experiência no judô para aplicar uma queda. Depois, foi só controlar o combate.

Big Mac venceu Igor Silva. Foto: Carlos Ozório

Rafael Bettega ficou com o ouro no pesado. O representante da Alliance tinha uma luta a menos na chave e contou com a desclassificação do primeiro oponente. Na final, enfrentou o lutador de MMA Marcus Maciel “Bicudinho” (BTT) e finalizou com uma chave de joelho aplicada da meia-guarda.

Buiú grampeia as costas de Murilo Santana. Foto: Carlos Ozório

Kleber Buiú (Gracie Barra), que vinha de vitória no Rio Open, venceu Murilo Santana (Barbosa) e subiu ao alto do pódio no meio-pesado, numa luta bem disputada. Murilo começou raspando, mas, no minuto final, Buiú não desistiu e conseguiu pegar as costas para virar o placar (4 a 2). Antes disso, o lutador vencera o primeiro adversário com um mata-leão e o segundo com quedas.

Tiago Alves passa a guarda de Jonatas Novaes. Foto: Carlos Ozório

Outra fera aluno de Marcos Barbosinha, Tiago Alves começou perdendo na final do médio. O oponente, Jonatas Novaes (Brasa) conseguiu uma raspagem. Conhecido pelo Jiu-Jitsu pressão, Tiago insistiu até passar a guarda (3 a 2). Nos combates anteriores, Alves venceu por larga vantagem de pontos. Na primeira luta, fez 9 a 0, e na segunda, contra a pedreira Vitor Henrique (GFTeam), também abriu boa pontuação, mas o adversário se contundiu.

Davi Ramos (Top Brother) passou pelo primeiro desafio no peso leve nas vantagens. Na semifinal, encarou Helder Medeiros “Bob Sponja” (CheckMat) e conseguiu aplicar duas quedas e uma raspagem para vencer por 6 a 2. Na decisão, Davi finalizou Marcio Rodrigues (Tubarão) com uma americana de pé.

O melhor do peso pena foi Leonardo Souza (Gordo-Evolve), que empatou em 2 a 2 com André Luiz (Godoi), mas levou a melhor nas vantagens. No pluma, Rufino Gomes (CheckMat) finalizou duas com o mata-leão. Na disputa do ouro, o adversário foi Leandro Escobar (Soul Fighters).

Michelle na final do absoluto. Foto: Carlos Ozório

Entre as meninas, Michelle Tavares se recuperou da derrota na final do peso e venceu o absoluto. Finalizou a primeira luta com um triângulo, a segunda com o estrangulamento “dez dedos” e na final, contra Polyana Lago (Alliance), conseguiu pegar as costas (4 a 0).

Marina nas costas de Michelle. Foto: Carlos Ozório

A algoz de Michelle no peso leve foi Marina Ribeiro (CheckMat), que raspou e pegou as costas duas vezes, contra uma passagem de guarda de Michelle (10 a 3). Também se destacaram no feminino Rosalind Ferreira (Gavião), que derrotou Polyana Lago nas vantagens na final do peso médio, e Luiza Monteiro (CheckMat), que finalizou duas lutas com a chave de pé, a final contra Fernanda Mazelli (Striker).

A CheckMat ficou com o primeiro posto no pódio das equipes, seguida da Gracie Barra e GFTeam.

Aguardem a galeria de fotos completa!

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *