Jiu-Jitsu segue no combate à violência nas escolas

Share it

Marcos Cerqueira. Foto: divulgação.

O problema do “bullying” nos Estados Unidos, atos de violência entre alunos nos colégios, vem sendo reportado aqui no GRACIEMAG.com, pois o Jiu-Jitsu vem sendo uma importante arma no combate aos valentões.

Ryron e Rener Gracie comentaram amplamente o assunto, inclusive em reportagem que ganhou destaque na CNN, um dos maiores canais de notícias do mundo (reveja aqui). Outro que trabalha nesse sentido é o faixa-preta da Brazil 021 Marcos Cerqueira, no Texas. O professor também ganhou destaque em reportagens nos EUA.

“Não ensino as crianças a lutar, mas sim a se protegerem. Assim, a criança constrói autoconfiança. Você tem mais respeito por si mesmo e as outras pessoas percebem”, comenta.

Confira no vídeo abaixo a reportagem com Marcos e o seu trabalho com as crianças:

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Alex Crispim at 7:27 am

    Esta é uma realidade que não vemos só lá, muitas das vezes já divulgado em filmes e seriados, mas também por aqui. E da mesma forma que o Jiu-Jitsu vem ajudado nossos jovens, e não é de hoje, aqui no Brasil, está fazendo por lá. Graças a Deus este rótulo de esporte violento está deixando de ser uma verdade para nosso Jiu-Jitsu, a técnica de arte marcial mais completa do mundo, creio eu.
    Parabéns Gracie Magazine, parabéns Brazil021 por ter formado um grupo de profissionais sérios e dedicados como os grandes mestres Carlos Henrique e André Negão e parabéns Marcos Cerqueira pelo trabalho sério e responsável que vem realizando.

  2. Marcelo Freire at 11:08 am

    Sem querer ofender ninguém, mas no meu tempo de escola, todos
    os colegas que praticavam jiu jitsu eram marrentos , prepotentes, caras insuportáveis.
    Na minha sala na faculdade felizmente ninguém treina arte marcial alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *