Durinho escuta Galvão e vai de peso e absoluto no Mundial Sem Kimono

Share it

Depois de vencer no desafio de submission no evento japonês Deep, Gilbert Durinho segue lutando sem kimono. O próximo compromisso do faixa-preta é no Campeonato Mundial, que acontece no dia 7 de novembro, na Califórnia.

“Vou lutar o Mundial Sem Kimono na categoria leve e no absoluto!”, adianta a fera da Atos ao GRACIEMAG.com.

“Sempre quis lutar o absoluto, mas meu foco principal é a categoria. Conversei com o André Galvão e ele me colocou muita pilha. Me deu vontade de disputar esse absoluto”, completa.

Durinho (sentado) comemora com Satoshi (de faixa-marrom) a vitória no Deep. Foto: divulgação

Enquanto isso, o faixa-preta segue os treinos na Terra do Sol Nascente, onde conta com ótimos parceiros.

“Ainda estou aqui no Japão treinando na Bonsai com o Marquinhos Souza (campeão asiático categoria e absoluto faixa-preta) e o Satoshi (campeão mundial faixa-marrom e asiático categoria e absoluto). Eles estão ajudando bastante na minha preparação”, diz.

“Mesmo estando longe da minha equipe e do meu professor, o Ramon, a gente tá sempre em contato. Falo com eles diariamente e converso bastante sobre meus treinos e eles estão sempre me direcionando e me corrigindo. Não apenas o Ramon, como todos os companheiros da Atos, entre eles os Mendes, o Frazatto, o Guto Campos, o Calasans, o Ivaniel, o Eduardo Ramos, o Caporal e o André Galvão, que está me aguarda lá em San Diego, onde faço o final da minha preparação para o Mundial. Apesar de muita gente dá equipe estar dando seminários em volta do mundo, o mais o legal é que um torce para o outro e é uma satisfação muito grande para todos quando, mesmo longe, a gente vê que o nosso companheiro está feliz, fazendo a vida do jeito que gosta, seja lutando ou ensinando Jiu-Jitsu”, finaliza o casca-grossa.

Faça como Gilbert Durinho e garanta logo a sua vaga no Mundial Sem Kimono. As inscrições, que terminam no próximo sábado, podem ser feitas clicando aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *