UFC 121: Cain Velasquez detona Brock e é o novo campeão

Share it

Velasquez é o novo campeão de pesados. Foto: Josh Hedges.

O UFC 121, em Anaheim, na Califórnia, fez um novo campeão neste sábado. Cain Velasquez detonou Brock Lesnar e é o novo rei dos pesos peados. Em outras lutas do card principal, mandaram bem Jake Shields, Diego Sanchez, Matt Hamill e Brendan Schaub. Confira os resultados e análises dos principais combates:

Brock Lesnar x Cain Velasquez

Invicto no MMA (9v), assim continua Cain Velasquez, só que agora com o cinturão de pesados do UFC afivelado. Brock Lesnar partiu com tudo para cima e derrubou o adversário. Mas uma das grandes virtudes de Cain é jamais desistir. Dono de um fôlego invejável, saiu de baixo e passou a metralhar Lesnar com socos, seja em pé ou ao chão. Brock tentou se desvencilhar, mas, tonto, caiu desequilibrado. Viu o oponente continuar socando até o combate ser separado, aos 4min12s. Agora o próximo oponente de Cain deve ser o brasileiro Junior Cigano, que poderá vingar a vitória do campeão sobre Rodrigo Minotauro, no UFC 110. Já a Brock restou admitir, humildemente, que o oponente foi melhor nesta noite.      

Jake Shields x Martin Kampmann

Campeão do Strikeforce, Jake Shields chegou ao UFC como o homem indicado a bater o atual campeão de meio-médios, Georges St. Pierre. Entretanto, o faixa-preta de Cesar Gracie não teve moleza na estreia contra Martin Kampmann. Durante a luta, Shields conseguiu quedar, conquistou posições como a passagem de guarda, montada e costas, mas se cansou bastante. Kampmann foi melhor na trocação e acertou boas joelhadas. No fim, as papeletas anotaram decisão dividida para Shields, que chega à 15ª vitória seguida.     

Diego Sanchez x Paulo Thiago

Um espetáculo para o público fizeram Diego Sanchez e Paulo Thiago. No assalto inicial, o policial do Bope foi muito bem. Encaixou bons socos, derrubou e incomodou com o triângulo de braço. Na segunda parcial, quem derrubou foi Diego. Paulo reverteu com uma bela raspagem de balão, mas Sanchez devolveu o ataque com uma queda que levantou o brasileiro alto. Na última etapa, Diego voltou a quedar, pegou as costas e administrou bem. Merecida vitória por decisão unânime do americano, que se recuperou de duas derrotas seguidas.

Matt Hamill x Tito Ortiz

Matt Hamill foi melhor, mais efetivo na trocação e nas quedas. Nos três rounds, derrubou e trabalhou bem no ground and pound, com socos e cotoveladas. Tito tentava reagir, mas não conseguia acertar forte o oponente. Depois do gongo final, decisão unânime a favor de Hamill, que chega à quinta vitória seguida no UFC.

Gabriel Gonzaga x Brendan Schaub

Brendan Schaub se sentiu em casa na luta contra Gabriel Napão. Nos três rounds de combate, lutou em pé, na trocação de socos. Pôde usar bem o boxe e, no primeiro assalto, conseguiu derrubar o brasileiro em konckdown. Com boas combinações de socos, Brendan dominou o combate, evitou o Jiu-Jitsu do adversário, e faturou a decisão unânime dos jurados.

Resultados completos:

UFC 121
Anaheim, Califórnia, EUA
Dia 23 de outubro de 2010

Cain Velasquez venceu Brock Lesnar por TKO aos 4min12s do R1
Jake Shields venceu Martin Kampmann por decisão dividida
Diego Sanchez venceu Paulo Thiago por decisão unânime   
Matt Hamill venceu Tito Ortiz por decisão unânime   
Brendan Schaub venceu Gabriel Gonzaga por decisão unânime  
Court McGee finalizou Ryan Jensen com um triângulo de mão a 1min21s do R3  
Tom Lawlor venceu Patrick Cote por decisão unânime
Daniel Roberts finalizou Mike Guymon com um triângulo de braço a 1min13s do R1
Sam Stout x Paul Taylor por decisão dividida
Chris Camozzi venceu Dongi Yang por decisão dividida
Jon Madsen venceu Gilbert Yvel por TKO a 1min48s do R1

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. isaias moraes at 1:24 pm

    Fico grato com a GracieMag pois sempre publica ums mensagem minha desde dez 2008 (alias, este exemplar, eu estou procurando pois emprestei para alguem e não me devolveram). Velazkez mereceu a vitoria pois mais uma vez tamanho não é documento neste esporte. Cigano tera grande tarefa!! O site comentou o boxeador falecido recentemente no Brasil? coisa seria hein Abraco!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *