Lesnar e Velasquez prontos para cinco rounds de guerra

Share it

Brock encara Cain. Foto: Josh Hedges

A maior expectativa da noite deste sábado, não há como negar, é no combate entre Brock Lesnar e Cain Velasquez. No UFC 121, na Califórnia, esta disputa decide o título de pesados da organização, além de colocar um lutador que mistura a força bruta à técnica com outro com velocidade, técncia e muita disposição.

“Eu me sinto abençoado e honrado de ser o campeão”, diz Lesnar. “Esta é a minha segunda chance de reinventar-me. Sou um ex-wrestler amador, um ex-wrestler profissional, um aspirante a jogador de futebol americano da NFL. E aqui estou eu, um campeão dos pesados do UFC. Então, eu olho para isso de forma diferente? Não. Eu vou para a cama segurando o meu título do UFC todas as noites? Não. Eu vou para a cama, eu levo meus filhos para a cama todas as noites. Eu não sinto qualquer pressão. Estou fazendo o que eu amo fazer”, completa o grandalhão.

Diante disso, Velasquez recorda a última luta do oponente, quando passou sufoco contra Shane Carwin, mas venceu. Cain sabe que não vai ter moleza nos cinco rounds de luta dentro do octagon. Depois que a grade for fechada, vai ser uma guerra.

“Eu não acho que muitos caras teriam sobrevivido aquele primeiro round com o tipo de ground and pound que o Shane estava colocando. Ele (Lesnar) conseguiu sobreviver ao primeiro round, voltou com tudo no segundo e conquistou a finalização”, comenta. “Para o seu tamanho, ele é bem explosivo. Tem muito poder e se move muito bem. Então, encontrar alguém que possua todos esses atributos é complicado. ”

Lesnar, por sua vez, também respeita o oponente.

“Ele traz alguns desafios diferentes. É um lutador menor, mais rápido e com boas mãos. Nunca foi um campeão nacional, mas foi All-American de wrestling na divisão 1.”

Por fim, Cain promete muito empenho na dura missão que tem pela frente.

“Eu comecei isso para me tornar campeão dos pesos pesados do UFC. Essa é a única razão pela qual eu entrei no esporte, para ser o melhor. E eu sinto que se eu não conquistar esse título em algum momento, minha carreira terá sido medíocre.”

Aguarde a cobertura do UFC aqui no GRACIEMAG.com.

Confira o card:

UFC 121
Anaheim, Califórnia, EUA
Dia 23 de outubro de 2010

Brock Lesnar x Cain Velasquez
Martin Kampmann x Jake Shields
Diego Sanchez x Paulo Thiago
Matt Hamill x Tito Ortiz
Gabriel Gonzaga x Brendan Schaub
Ryan Jensen x Court McGee
Patrick Cote x Tom Lawlor
Sam Stout x Paul Taylor
Mike Guymon x Daniel Roberts
Chris Camozzi x Dongi Yang
Jon Madsen x Gilbert Yvel

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *