Hernani vence em noite de muitas decisões no Shooto

Share it

Hernani faturou o cinturão contra Killer. Foto: Carlos Ozório

Novamente, o Shooto Brasil trouxe boas disputas. Neste domingo, no teatro da Faculdade Bennett, no Rio de Janeiro, muita coisa estava em jogo. Além dos dois finalistas do GP peso mosca, o evento definiu Hernani Perpétuo como novo campeão sul-americano do Shooto no peso meio-médio e Betão como próximo desafiante pelo título de plumas, hoje com Eduardo Dantas. Valeu a pena para o carioca sair da praia um pouco mais cedo e conferir de perto os combates.

Na principal luta da noite, não faltou emoção. Hernani comandou o combate na trocação, na verdade uma revanche contra Junior Killer. Com potentes chutes nas pernas, bons socos e joelhadas, Hernani levou vantagem nas três parciais. Killer respondia com quedas e bom trabalho no ground and pound, mas não foi o suficiente. A vitória foi para Hernani em decisão unânime e não faltaram aplausos na melhor luta da noite.

Betão usou o katagatame para finalizar. foto: Carlos Ozório

A penúltima luta trouxe Carlos Alberto Betão contra Átila Lourenço. Átila começou bem, mas Betão rapidamente respondeu com bons golpes na trocação. No segundo round, o pupilo de Marcio Cromado derrubou e finalizou com um justo katagatame. Agora Betão vai ter Dudu Dantas pela frente, em dezembro, em luta que vale o cinturão de plumas.

Maicon finaliza Evandro Brilhante. Foto: Carlos Ozório

No GP, os melhores foram Maicon Willian e Lincoln Sá. Primeiro, Maicon venceu Pedro Mascote por decisão unânime, numa luta com bastante trocação. Na segunda apresentação, o lutador usou bem o Jiu-Jitsu para bater Evandro Brilhante. Depois de tentar estrangular, finalizou com um armlock, ainda no primeiro round.

Lincon aperta o pescoço de Galo. Foto: Carlos Ozório

Lincoln Sá também usou bem a luta de chão. Primeiro bateu Buiú com uma leglock. Na segunda apresentação, finalizou André Galo com um mata-leão, quando grampeou as costas do oponente, que ficou em pé.

Finalista do GP Maicon (E), Déde e o outro finalista, Lincoln. Foto: Carlos Ozório

Agora Maicon e Lincoln decidem o cinturão de moscas em dezembro, quando André Pederneiras prepara uma grande edição do Shooto.

Confira os resultados:

Shooto Brasil 19
Faculdade Bennett, Rio de Janeiro, Brasil
Dia 17 de outubro de 2010

Hernani Perpétuo (Nova União) venceu Junior Killer (Evilázio Feitosa) na decisão unânime
Carlos Alberto Betão (RFT) finalizou Átila Lourenço com um katagatame aos 50s do R2

GP quartas-de-final
Evandro Brilhante (Nova União) finalizou Alex Pardal (Beto Padilha) com um mata-leão aos 43s do R1
Maicon Willian (Nocaute) venceu Pedro Mascote (TFT) por decisão unânime
André Galo (Completa – Ceará) venceu Paulo Peti (São Paulo) por TKO no a 1min43s do R1
Lincoln de Sá (Art Combat) finalizou Buiú (Gracie Barra) com uma leglock aos 2min do R2

GP semifinais
Maicon Willian finalizou Evandro Brilhante com um armlock aos 45s do R1
Lincon Sá finalizou André Galo com um mata-leão aos 2min43s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *