Depois do sucesso na volta ao mundo, Mendes lutam no Japão

Share it

Rafa e Gui no Panamá. Foto: arquivo pessoal

Juntos ou separados, Rafael e Guilherme Mendes estavam pelo mundo, seja pelo Panamá, Marrocos ou Estados Unidos. Na viagem, além de ensinarem as técnicas que proporcionaram às feras o título mundial de Jiu-Jitsu, tiveram tempo de visitar crianças com câncer, o xeque Tahnoon e fazer um pouco de turismo. Agora a dupla já tem novo compromisso, mas nas competições. Rafa e Gui se preparam para a Rickson Cup, no dia 20 de novembro, em kawasaki, Japão.    

“Já estamos no Brasil treinando forte, porque está quase certo que iremos lutar no próximo mês, no Japão. Ficamos uma semana fora do Brasil e agora voltamos e vamos continuar com a nossa preparação física, que agora será voltada para esta competição. Treinamos muito esta semana com Claudio Calasans, Bruno Frazatto, Eduardo Ramos, Gigante e mais alguns dos faixas-pretas da Atos. Estamos confiantes como sempre e vamos lá para vencer!”, avisa Guilherme.   

“Nossa viajem foi ótima! Fomos para o Panamá, onde fizemos um seminário bem legal. A galera adorou e, graças a Deus, estamos tendo ótimos resultados com nossos seminários. Acho que criamos uma didática diferenciada para ensinar nossas posições e tem sido um sucesso”, comenta Rafael. 

Mas a viagem da dupla não ficou apenas por aí. 

“Depois do Panamá, o Guilherme seguiu para Flórida, para ensinar em algumas academias e visitar a Disney World, e eu segui para o Marrocos, para treinar com o xeque Tahnoon. Foi ótimo também! O Guilherme gostou muito dos treinos que fez em algumas das filiais do Renato Tavares, da ATT. Ele pôde ensinar nossas posições e ainda conhecer a Disney. E eu tive a honra de treinar mais uma vez com o xeque. Fico muito feliz pelo reconhecimento dele, foi excelente. Tahnoon é uma pessoa muito interessada no nosso esporte e muito inteligente, está sempre se atualizando e com posições novas. Foi um enorme prazer, mais uma vez!” 

No Panamá, os Mendes não ficaram só nos seminários e treinos. Aproveitaram para visitar e dar força a uma fundação que apóia crianças com câncer.    

“Foi uma grande experiência. Visitamos a Amigos, uma fundação para crianças com câncer e pudemos aprender muito com eles. Aprendemos sobre determinação, força de vontade e fé. Grandes exemplos de superação, pois, mesmo com a doença, eles não se encontravam abatidos e sim felizes, sorrindo e brincando, mostrando o quanto nossos problemas são superficiais! E já estamos combinando a nossa volta lá no verão, quando eles fazem um acampamento com várias atividades e queremos participar!”, diz Guilherme. 

Depois da Rickson Cup, as viagens dos manos continua. O Jiu-Jitsu não pode parar!   

“Criamos um método de ensino que faz com que o seminário seja produtivo do faixa-branca ao preta, não apenas com posições, mas também com os conceitos e variações. O pessoal está gostando e, apenas este ano, visitamos países como Irlanda, EUA, Suíça, Portugal, Espanha, Canadá, Panamá e Turquia… Em dezembro voltaremos ao Canadá, na academia Pura BJJ. Vamos também ao Havaí, na academia Gracie Kailua. Na volta, continuaremos nosso treinamento e colocaremos todo o foco no Campeonato Europeu”, encerra Rafael.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Carlos Espino at 3:44 pm

    Thanks for everething you are excelent instructors and good friend you are welcome to Panama any time you want this is your house God bless you guys OSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *