Brendan Schaub seguro no Jiu-Jitsu contra Napão

Share it

Schaub é conhecido pelos nocautes. Foto: Josh Hedges

Brendan Schaub é o adversário de Gabriel Napão no UFC 121, que acontece no dia 23 de outubro, na Califórnia. E para encarar o faixa-preta de Jiu-Jitsu, Schaub, conhecido pelos nocautes, se entregou à arte suave. Tirante o único revés, na final do TUF 10, contra Roy Nelson, Schaub nocauteou em todas as outras oportunidades (seis vitórias). Entretanto, engana-se quem acha que o lutador é bobo na luta de chão.

“Ele treina de kimono, mas como se prepara para muitas lutas, não pensamos muito nesse lance de graduação. Ele seria um faixa-marrom muito bom, é um atleta muito duro”, comenta o treinador Amal Easton ao GRACIEMAG.com.

Já o nocauteador Schaub aprova os ensinamentos do mestre.  

“Sinto que o Jiu-Jitsu é uma das armas mais importantes no Ultimate”, diz ele, que garante estar pronto para as dificuldades impostas por Napão se a luta for para o chão.  

“Estou preparado para as piores situações. Trabalho o meu Jiu-Jitsu com o Amal Easton, com a ajuda do Denílson Pimenta, e treino com atletas como o Shane Carwin, Nate Marquardt e Eliot Marshal, entre outros. São pessoas que me deixam nas piores posições e me ajudam a evitar situações difíceis.”

Brendan e Carwin com os treinadores brasileiros Pimenta e Dentinho

Brendan respeita muito o oponente e acha que a combinação de estilos vai proporcionar um combate memorável.

“Essa é uma das maiores lutas da minha vida e vai ser uma das maiores na história do Ultimate. Me sinto preparado para ela e para qualquer lutador da categoria de pesados. É um grande passo, uma inspiração. O Gabriel é um grande lutador e estou preparado para qualquer um.”

O pensamento está apenas no confronto do UFC 121. Entretanto, Schaub não esconde a vontade de encarar outras pedreiras que admira na categoria.

“Se vencer o Gonzaga, gostaria muito de enfrentar o Frank Mir, o Cain Velasquez ou o Junior dos Santos (Cigano). Eles são grandes lutadores, os admiro, e seria muito interessante enfrentá-los.”

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *