Strikeforce: Diaz vence em noite de derrotas para JZ e Galvão

Share it

O Strikeforce montou seu cage em San Jose, na Califórnia, num sábado com duas disputas de cinturão. Nick Diaz manteve o título, enquanto Marloes Coenen tomou o cinturão de Sarah Kaufman. Já Josh Thomson e Tyron Woodley venceram, respectivamente, Gesias Cavalcante e André Galvão.    

A luta entre Nick Diaz e KJ Noons foi bem parelha. Diaz abriu vantagem no primeiro round, quando conectou bons golpes na trocação. A segunda parcial foi exatamente o inverso, com Noons acertando bons socos. Os três assaltos restantes foram bem disputados, com os lutadores em pé todo o tempo. Diaz buscou mais a luta, o que fez diferença no fim, com o resultado a seu favor por decisão unânime e o título de meio-médios ainda sobre seu poder.

Josh Thomson não deu moleza na volta de Gesias Cavalcante aos EUA. JZ começou bem, acertou um bom soco e tratou de encaixar uma guilhotina. Thomson escapou e contra-atacou com um justo katagatami. O segundo round foi do americano, que conquistou posições melhores no chão. Na terceira parcial, JZ foi para cima, montou e trabalhou bem no ground and pound. Após o gongo, os jurados preferiram Thomson por decisão unânime. Dependendo da interpretação, não seria estranho se o resultado fosse o inverso. 

Desafiante ao cinturão, Marloes Coenen usou bem a luta de chão para finalizar Sarah Kaufman e tomar o título da categoria meio-médio. O triunfo veio com uma chave de braço, no terceiro round.

Na primeira luta do card principal, Tyron Woodley manteve a invencibilidade, agora de nove lutas, contra André Galvão. Woodley conseguiu evitar as tentativas de queda do brasileiro e definiu com socos, ainda no primeiro round.

Confira os resultados:

Strike Force
San Jose, California, EUA
Dia 9 de outubro de 2010

Nick Diaz venceu  K.J Noons por decisão unânime 
Josh Thomson venceu Gesias “JZ” Cavalcante por decisão unânime 
Marloes Coenen finalizou Sarah Kaufman com uma chave de braço a 1min59s do R3  
Tyron Woodley venceu André Galvão por TKO aos 1min48s do R1
James Terry venceu Bret Bergmark por decisão unânime  
Josh McDonald venceu Ron Keslar por decisão unânime  
Jess Bouscal finalizou Luis Mendoza com um triângulo de braço aos 2min do R2

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *